A escala do homem, por Alberto Botti

A escala do homem, por Alberto Botti

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=KblYMDSAciA&w=832&h=h468]
O arquiteto Alberto Botti, do escritório Botti e Rubin, acha que exemplos como Dubai e sua arquitetura monumental  desprezam a escala do homem. Botti reconhece que uma catedral gótica pode ser monumental, mas teme que a modernidade esteja apequenando os homens diante de obras de arquitetura. Ele concedeu entrevista a Paulo Markun, para o portal Arquitetura e Urbanismo Para Todos do CAU/BR.

Temas:
00:00 O que é arquitetura?
00:31 A escala do homem está se perdendo?
01:21 A escala do homem em São Paulo
02:35 A arquitetura no senso comum
03:49 O que caracteriza o bom projeto de arquitetura?
05:19 A relação entre arquitetura e urbanismo
06:06 O que faz uma boa cidade?
07:11 Veto ao projeto da Av. Paulista subterrânea
08:38 O que o cidadão comum ganha com a arquitetura?



Artigos relacionados

Almir de Oliveira: Habitação Indígena

O arquiteto Almir de Oliveira desfaz o conceito de que todas as casas indígenas são iguais e explica as simbologias que elas assumem para cada etnia dentro de sua cosmologia.

Bruno Ferraz e dois bons exemplos

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=btvvgnr2t5c&w=832&h=h468] O arquiteto Bruno Ferraz, de Recife, sócio do escritório B’Ferraz Arquitetura destaca dois bons exemplos: os hospitais da Rede Sarah, projetos de João Filgueiras Lima, o Lelé e o edifício Acaiaca, de Recife, construído em 1958 pelo arquiteto Delfim

Índio da Costa: quando entra má arquitetura o projeto encarece

Para o arquiteto Índio da Costa, houve nos anos 50 um terreno fértil para a arquitetura no sentido de que o tempo técnico para o planejamento do projeto era respeitado. Hoje em dia isso não acontece.

Sem comentários

Escreva um comentário
Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar esta postagem.

Escreva um comentário

Deixe uma resposta