Alvaro Puntoni: é preciso abrir mão de privilégios

Alvaro Puntoni: é preciso abrir mão de privilégios

Em entrevista ao Arquitetura para Todos, do CAU/BR, Alvaro Puntoni diz que  a sociedade distribui medo para vender segurança. Em um bate-papo com Paulo Markun, o arquiteto defende que para se ter avanço é preciso abrir mão de privilégios.

Arquiteto pela FAU-USP, Puntoni nasceu em São Paulo, em 1965. Leciona na mesma instituição onde se formou, na Escola da Cidade e na FAU-Mackenzie, além de sócio do escritório GrupoSP. Projetou a nova sede do SEBRAE em Brasília e o Anexo do Museu do Ouro em Sabará, Minas Gerais. Confira:

 

 

Temas:
00:00 Preconceito e privilégio na sociedade brasileira
02:12 A idéia do coletivo e a comunicação global
04:04 A questão da segurança no Brasil
05:58 São Paulo: uma cidade política
08:59 O papel atual dos arquitetos na sociedade


Artigos relacionados

Verticalização e arquitetura, por Marco Antonio Borsoi

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=h8kLpx6PDa8&w=832&h=h468] Marco Antonio Borsoi, ex-presidente do IAB – PE e arquiteto atuante na cidade do Recife explica o que o arquiteto pode aprender com o usuário das obras em entrevista feita por Paulo Markun, para o portal Arquitetura e Urbanismo

Música não é só bossa nova e arquitetura não é só moderna, diz Sylvio de Podestá

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=4_c6uYJ0860&w=832&h=h468] O arquiteto mineiro Sylvio de Podestá critica o dogmatismo da arquitetura moderna brasileira e diz que como na música não se pode reduzir tudo à bossa nova, na arquitetura, é preciso enfrentar o desafio dos grandes centros e conversar

Índio da Costa e os ursos himalaicos

Índio da Costa, arquiteto, conta como ganhou um prêmio pelo seu projeto da jaula de ursos himalaicos do zoológico do Rio de Janeiro, em 1965

Sem comentários

Escreva um comentário
Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar esta postagem.

Escreva um comentário

Deixe uma resposta