Anunciados os vencedores do 5º Prêmio de Arquitetura Instituto Tomie Ohtake Akzonobel

Anunciados os vencedores do 5º Prêmio de Arquitetura Instituto Tomie Ohtake Akzonobel

A exposição com as obras vencedoras fica aberta até o dia 23 de setembro. Os 13 projetos finalistas – selecionados entre os 244 inscritos, provenientes de 17 Estados brasileiros e Distrito Federal – fazem parte da exposição no Instituto Tomie Ohtake.

 

Conheça os premiados:

Hors concours

Sesc 24 de Maio (São Paulo – SP)

Arquitetura: Paulo Mendes da Rocha + MMBB Arquitetos / Paulo Mendes da Rocha, Marta Moreira, Milton Braga e Fernando de Mello Franco

Foto: Romullo Fontenelle

 

1º Lugar

Parque Novo Santo Amaro V (São Paulo – SP)

Arquitetura: Vigliecca & Associados / Héctor Vigliecca, Luciene Quel, Neli Shimizu e Ronald Werner Fiedler

Foto: Instituto Tomie Ohtake

 

2º Lugar

Hostel Villa 25 (Rio de Janeiro- RJ)

Arquitetura: C+P Arquitetura / Rodrigo Calvino e Diego Portas

Foto: Instituto Tomie Ohtake

 

3º Lugar

Casa no Cerrado (Moeda – MG)

Arquitetura: Vazio S/A / Carlos M. Teixeira

Foto: Instituto Tomie Ohtake

 

Menção Honrosa – Sustentabilidade

Vila Taguaí (Carapicuíba, SP)

Arquitetura: Cristina Xavier Arquitetura / Cristina Xavier

 

Menção Honrosa – Cor

Residência em Gonçalves (Gonçalves – MG)

Arquitetura: André Vainer Arquitetos / André Vainer

 

A seleção foi feita por um júri formado pelos arquitetos Adriana Benguela, Fábio Mariz Gonçalves, José Lira, Marcos Boldarini e Priscyla Gomes. Em 2018, registrou-se um aumento de 31,18% no volume de inscrições em relação à edição anterior. Entre os finalistas há obras localizadas em São Paulo, Minas Gerais, Pernambuco, Distrito Federal, Bahia e Rio Janeiro.

Fonte: Instituto Tomie Ohtake

 



Artigos relacionados

Rio de Janeiro será primeira Capital Mundial da Arquitetura

O Conselho da União Internacional dos Arquitetos (UIA), reunido em Oaxaca (México), aprovou nesta sexta-feira, 18 de maio, por unanimidade, a nomeação da cidade do Rio de Janeiro a Capital Mundial da Arquitetura UIA/UNESCO 2020. A obtenção do título faz

Governo do DF ignora veto do Iphan e mantém projeto do viaduto

Instituto afirma que proposta do Executivo fere tombamento de Brasília; Governo defende que alteração é para garantir a segurança O governo do Distrito Federal garantiu que pretende manter o projeto de revitalização do viaduto da Galeria dos Estados, mesmo sem

Irmãos Roberto, o filme

Marcelo, Milton e Maurício são conhecidos no meio arquitetônico como Irmãos Roberto. Eles fazem parte da mesma geração responsável por popularizar o modernismo brasileiro. Os irmãos Roberto foram os responsáveis pelo prédio da Associação Brasileira de Imprensa (ABI), no centro

Sem comentários

Escreva um comentário
Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar esta postagem.

Escreva um comentário

Deixe uma resposta