Arquiteturas: Galeria do Rock

Arquiteturas: Galeria do Rock

A história da Galeria de Rock se mistura com a história da cidade de São Paulo desde de sua inauguração, em 1963. De lá pra cá, ela passou por intensas transformações. Foi ícone do comércio, foi abandonada, e muitos anos depois, reocupada e se tornou o principal point do gênero rock dos dias atuais. Sua principal caraterística é a capacidade de ser uma continuação da rua, com lojas à vista e um conceito que mistura o uso de praça e centro de compras.

Para conhecer melhor essa história, veja o episódio da série Arquiteturas sobre a galeria de todas as tribos:


Artigos relacionados

Cinco prédios brasileiros vencem prêmio internacional de arquitetura

Dos 31 premiados pelo Mies Crown Hall Americas Prize, cinco são brasileiros. Destaques foram escolhidos entre 200 concorrentes da América do Norte e do Sul Via Gazeta do Povo     O prêmio de arquitetura Mies Crown Hall Americas Prize (MCHAP)

Câmara lança aplicativo do Novo Plano Diretor de São Paulo

Um aplicativo para o cidadão se informar sobre o Novo Plano Diretor de São Paulo

Código de Ética e Disciplina do CAU/BR – 2.2.7

A diretriz 2.2.7 do Código de Ética e Disciplina do CAU/BR estabelece os três pilares básicos da boa arquitetura.

Sem comentários

Escreva um comentário
Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar esta postagem.

Escreva um comentário

Deixe uma resposta