Arquiteturas: Orla de Santos

Arquiteturas: Orla de Santos

Diante dos prédios tortos se estende um imenso jardim de frente para o mar, a Orla de Santos. É o maior jardim de praia do mundo, com mais de cinco quilômetros de extensão e menção no Guinness Book, o livro dos recordes. A orla marítima passa por sete bairros da cidade. A ideia nasceu em 1914 na mente do engenheiro Saturnino de Brito. Nos anos 60, os jardins foram modificados, ficando mais modernos e se tornando o espaço de lazer preferido dos santistas atuais.

Para conhecer melhor essa história, veja o episódio da série Arquiteturas sobre o jardim de praia:


Artigos relacionados

Prefeitura de São Paulo planeja retirar mosaicos portugueses de calçadões

As pedras devem ser substituídas por concreto a partir de janeiro. A justificativa da prefeitura é de que o novo piso facilita a acessibilidade e tem menor custo de manutenção – cerca de 6 vezes mais barato. De acordo com

Prefeitura planeja ciclovias nas principais avenidas de São Paulo

Avenidas como a Brasil, Doutor Arnaldo, Inajar de Souza, Teotônio Vilela, Salim Farah Maluf e um trecho da Marginal Pinheiros são algumas vias que podem ganhar ciclovias ou ciclofaixas até 2020. É o que mostra o mapa divulgado pela prefeitura

Conpresp aprova tombamento do Complexo do Carandiru e de prédios, piscinas e estádio da USP

Conselho Municipal de Preservação do Patrimônio Histórico, Cultural e Ambiental da Cidade de São Paulo (Conpresp) aprovou o tombamento do Complexo do Carandiru, na Zona Norte, e de um conjunto de imóveis da Universidade de São Paulo, na Zona Oeste.

Sem comentários

Escreva um comentário
Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar esta postagem.

Escreva um comentário

Deixe uma resposta