Arquiteturas: Orla de Santos

Arquiteturas: Orla de Santos

Diante dos prédios tortos se estende um imenso jardim de frente para o mar, a Orla de Santos. É o maior jardim de praia do mundo, com mais de cinco quilômetros de extensão e menção no Guinness Book, o livro dos recordes. A orla marítima passa por sete bairros da cidade. A ideia nasceu em 1914 na mente do engenheiro Saturnino de Brito. Nos anos 60, os jardins foram modificados, ficando mais modernos e se tornando o espaço de lazer preferido dos santistas atuais.

Para conhecer melhor essa história, veja o episódio da série Arquiteturas sobre o jardim de praia:


Artigos relacionados

Código de Ética e Disciplina do CAU/BR – 6.3.3

A diretriz 6.3.3 do Código de Ética e Disciplina do CAU/BR estabelece a relação do arquiteto, urbanista ou paisagista com o Código de Ética.

Projeto notabiliza trabalhos pioneiros de mulheres na arquitetura

O projeto do IAWA, em parceria com a LALI, prevê uma conservação do legado feminino na arquitetura latino-americana.

Parque Villa Lobos

Fotografia de André Bonacin A ideia de criar um parque em homenagem ao compositor Heitor Villa-Lobos surgiu em 1978. O projeto, do arquiteto Décio Tozzi, levou anos para se concretizar, mas hoje o espaço é uma das áreas de lazer

Sem comentários

Escreva um comentário
Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar esta postagem.

Escreva um comentário

Seu e-mail nâo será publicado.
Campos obrigatórios estão marcados*