Arquiteturas: Paranapiacaba

Arquiteturas: Paranapiacaba

É quase uma viagem no tempo visitar a vila ferroviária de Paranapiacaba, no topo da Serra do Mar. O nome é de origem indígena, que significa “lugar onde se avista o mar”. A razão de sua existência é o apoio à linha da companhia inglesa São Paulo Railway, que ligava a cidade de São Paulo ao porto de Santos para o escoamento da produção de café. Esse tempo passou, a linha está obsoleta e desativada. No entanto, o estilo inglês ficou e agora atrai turistas, devido a sua arquitetura distinta.

Para conhecer melhor essa história, veja o episódio da série Arquiteturas sobre a vila ferroviária:


Artigos relacionados

Sesc 24 de Maio é inaugurado em São Paulo

A nova unidade abriu suas portas no sábado (19), com programação gratuita. Fernanda Montenegro foi uma das convidadas para o evento de abertura. A atriz fez uma leitura dramática de Nelson Rodrigues por Ele mesmo, obra organizada pela filha do

Arquiteturas: Itá

Já imaginou viver em uma cidade com prazo de validade? Por muitos anos esse foi o cotidiano dos moradores de Itá, no interior de Santa Catarina, após o anúncio da construção de uma usina hidrelétrica em suas imediações. Para os

Hobin Hood Gardens começa a ser demolido

O projeto habitacional Robin Hood Gardens, localizado no leste de Londres, começou a ser demolido no final do mês de agosto. A obra, dos arquitetos Alison e Peter Smithson, concluída em 1972, era um marco da arquitetura brutalista do Reino

Um comentário

Escreva um comentário

Escreva um comentário

Deixe uma resposta