Arquiteturas: Paranapiacaba

Arquiteturas: Paranapiacaba

É quase uma viagem no tempo visitar a vila ferroviária de Paranapiacaba, no topo da Serra do Mar. O nome é de origem indígena, que significa “lugar onde se avista o mar”. A razão de sua existência é o apoio à linha da companhia inglesa São Paulo Railway, que ligava a cidade de São Paulo ao porto de Santos para o escoamento da produção de café. Esse tempo passou, a linha está obsoleta e desativada. No entanto, o estilo inglês ficou e agora atrai turistas, devido a sua arquitetura distinta.

Para conhecer melhor essa história, veja o episódio da série Arquiteturas sobre a vila ferroviária:


Artigos relacionados

Chamas na USP por José Armênio de Brito Cruz

O incêndio na FAU não é só fruto do descaso. A tentativa de destruição de um pensamento comprometido com o progresso aflora mais uma vez.

Al Jazeera: Arquitetura Rebelde

Em agosto deste ano a rede de TV Al Jazeera lançou uma série de seis reportagens chamada Arquitetura Rebelde (Rebel Architecture, tradução livre). O objetivo é mostrar alguns arquitetos que usam sua profissão como forma de resistência e questionamento.

Parque Urbano Internacional da Paz terá parceria do Sistema ONU no Brasil

Brasília ganhará a Praça e o Parque Urbano Internacional da Paz. A decisão foi anunciada em evento na Casa da ONU nesta segunda-feira (18), com a assinatura de um decreto pelo governador Rodrigo Rollemberg. A iniciativa é uma parceria do

Um comentário

Escreva um comentário

Escreva um comentário

Deixe uma resposta