Arquiteturas: Paranapiacaba

Arquiteturas: Paranapiacaba

É quase uma viagem no tempo visitar a vila ferroviária de Paranapiacaba, no topo da Serra do Mar. O nome é de origem indígena, que significa “lugar onde se avista o mar”. A razão de sua existência é o apoio à linha da companhia inglesa São Paulo Railway, que ligava a cidade de São Paulo ao porto de Santos para o escoamento da produção de café. Esse tempo passou, a linha está obsoleta e desativada. No entanto, o estilo inglês ficou e agora atrai turistas, devido a sua arquitetura distinta.

Para conhecer melhor essa história, veja o episódio da série Arquiteturas sobre a vila ferroviária:


Artigos relacionados

Código de Ética e Disciplina do CAU/BR – 2.2.1

A diretriz 2.2.1 do Código de Ética e Disciplina do CAU/BR estabelece a relação do arquiteto com o meio ambiente.

Arquiteturas: Minhocão

episódio de estreia da série do SescTV

São Paulo, Rio e Brasília possuem as maiores áreas urbanas do país, segundo IBGE

O CAU/BR analisou a publicação do IBGE – Áreas Urbanizadas do Brasil 2015 – que fornece um panorama do processo de urbanização do país. Confira:   O Governo Federal lançou em junho a publicação Áreas Urbanizadas do Brasil 2015, produzida pelo

Um comentário

Escreva um comentário

Escreva um comentário

Deixe uma resposta