Avenida Paulista é considerada pólo cultural em são Paulo

Ao longos dos 126 anos de existência foram construídas casas, escritórios, lojas, parques, restaurantes, estações de metrô, ciclovias, centros de serviço e comércio, etc. Hoje, a Avenida Paulista, localizada no centro da capital paulista, atingiu a categoria de polo cultural.

Algumas atrações instaladas na avenida mais cosmopolita de São Paulo, precisam ser enaltecidas. Entre elas está o MASP (Museu de Arte de São Paulo); o Conjunto Nacional; a Reserva Cultural; e a  Casa das Rosas. Muitas ainda estão a surgir.

Em maio, a Japan House abriu as portas no número 52 da Av. Paulista.Em agosto, o Instituto Moreira Salles inaugura sua sede paulistana no número 2.424, e, no primeiro semestre do ano que vem, o Sesc Paulista volta para o número 119 da Avenida.



Artigos relacionados

André Corrêa do Lago é o primeiro brasileiro a integrar o júri do Pritzker

Esta é a primeira vez que um brasileiro é convidado a fazer parte da equipe de júri do Pritzker, considerado o Nobel da Arquitetura. A decisão foi anunciada no sábado, 20 de maio, durante a entrega do prêmio aos integrantes

Arquiteturas: Parque Sitiê

um lixão que virou parque.

SP: O Plano Diretor e as caminhadas urbanas. Vai ficar melhor andar a pé pela cidade? por Mauro Calliari

A primeira boa notícia é que a “ampliação e requalificação dos espaços públicos” é um dos 17 objetivos estratégicos para a cidade.

Sem comentários

Escreva um comentário
Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar esta postagem.

Escreva um comentário

Deixe uma resposta