ONU Habitat premia brasileira por projeto em Florianópolis

ONU Habitat premia brasileira por projeto em Florianópolis

A arquiteta recém-formada pela UFSC (Universidade Federal de Santa Catarina), Mariana Morais Luiz, de 23 anos, venceu o prêmio Urban Revitalization of Mass Housing, pela categoria regional América Latina e Caribe. O concurso foi organizado pela ONU Habitat, que discute moradia e desenvolvimento sustentável. Sua proposta de conclusão de curso, Gente e Gesto na Cidade “Formalizada”, para a comunidade Chico Mendes, na região continental de Florianópolis, já era vencedora da categoria nacional.

Além do desenho arquitetônico, houve uma preocupação em promover os laços sociais da comunidade. Foram criadas áreas de lazer, trabalho e espaços públicos. Dessa forma, os moradores podem trabalhar em hortas, compostagem ou comércio, estando próximos a áreas de convivência, com espaços para esportes, eventos culturais e educação ambiental.

Informações do Jornal Correio Braziliense desta segunda-feira, leia a reportagem na íntegra aqui.


Artigos relacionados

Cal Cunha: ter um bom cliente é primeiro passo

Para o arquiteto Cal Cunha, um bom projeto começa com um bom cliente. Ele cita o projeto de Márcio Kogan, de uma casa em Paraty como exemplo de boa arquitetura. [youtube https://www.youtube.com/watch?v=KbzPYh587mo&w=832&h=h468] Relacionado

Veja aqui todos os episódios da 2ª temporada da série Arquiteturas, do SescTV

Série aborda obras e processos de ocupação de destaque em vários locais do país

Analu Nery: Integração com as classes sociais

Estudante de Arquitetura na Bahia, 31 anos, Analu Nery acha que um bom projeto de arquitetura é aquele que permite a integração das classes sociais. E menciona o Parque Barigui em Curitiba, como um bom exemplo de projeto. Relacionado

Sem comentários

Escreva um comentário
Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar esta postagem.

Escreva um comentário

Deixe uma resposta