Câmara lança aplicativo do Novo Plano Diretor de São Paulo

Câmara lança aplicativo do Novo Plano Diretor de São Paulo

A cidade de São Paulo agora tem um aplicativo para consultar o Novo Plano Diretor Estratégico (PDE), que foi sancionado pela Prefeitura em 31 de julho de 2014, após debates e audiências públicas. A proposta é facilitar o acesso ao texto do PDE e é recomendado a arquitetos, urbanistas, gestores públicos e qualquer cidadão interessado na lei que orienta o desenvolvimento da cidade pelos próximos 16 anos.

O app é dividido em quatro eixos principais:

  • Sobre o PDE
  • Principais Pontos
  • PDE em Números
  • Texto da Lei

Com esse novo sistema o usuário tem sempre à mão o texto atualizado da lei do Plano Diretor Estratégico, seus principais pontos e o balanço numérico do processo de aprovação,  pelo celular. O aplicativo “Plano Diretor SP” é gratuito e está disponível para iOS e Android. Segundo a prefeitura, o aplicativo foi lançado no final do mês passado na Câmara Municipal da Cidade de São Paulo durante o evento “Glow – Parlamento Aberto” que apresenta experiências das câmaras legislativas pelo mundo. A Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano mantém um site com infográficos para explicar tanto o Plano Diretor quanto a ordenação urbana decorrente dele.

Clique para download gratuito para Android e iOS.

Nós, do Arquitetura para Todos, consideramos excelente a inciativa do aplicativo, pois estabelece uma ponte para pessoas leigas lidarem com a linguagem legislativa. O texto é claro e explicativo. Entretanto, o sistema peca por falhas de navegação e de rolagem que atrapalham a experiência do usuário. Esperamos uma atualização para melhorar o uso.



Artigos relacionados

Arquiteturas: Largo da Batata

um deserto de concreto floresceu inovação urbana

A soma será melhor por Sérgio Magalhães

A nova cidade precisará se somar à cidade existente ficando onde está. Ao invés de dispersar as construções, concentrar e manter a população.

Projeto de Tocantins ganha 4º Prêmio de Arquitetura Instituto Tomie Ohtake Akzonobel

Na quinta-feira (10) foram anunciados os três vencedores da quarta edição do Prêmio de Arquitetura Instituto Tomie Ohtake Akzonobel. O projeto Moradas Infantis, de autoria dos tocantinenses Adriana Benguela, Marcelo Rosenbaum, Gustavo Utrabo e Pedro Duschenes ganhou primeiro lugar. O

Sem comentários

Escreva um comentário
Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar esta postagem.

Escreva um comentário

Deixe uma resposta