Carlos Bratke, um não-alinhado

Carlos Bratke, um não-alinhado

Nascido em uma família de arquitetos, Carlos Bratke (1942) é autor de centenas de projetos, muitos deles premiados em razão do experimentalismo formal e técnico.
Formado em 1967 pela Universidade Mackenzie, integrou a primeira geração de arquitetos paulistas a contestar os dogmas da arquitetura moderna – o grupo acabou rotulado como os “não-alinhados” e inclui Tito Lívio Frascino, Vasco de Mello, Roberto Loeb, Pitanga do Amparo, Eduardo Longo e Artur Navarrete.
Carlos Bratke presidiu a Fundação Bienal (entre 1999 e 2002) e o Instituto de Arquitetos do Brasil/Departamento de São Paulo (gestão 1992/1993).

 


Artigos relacionados

O Globo: ‘A arquitetura de agora valoriza o ambiente social’, diz Sérgio Magalhães

Sérgio Magalhães fala sobre a escolha do Rio de Janeiro como sede do Congresso Mundial da UIA em 2020

CAU Conversa: João Filgueiras Lima, o Lelé

Lelé é o primeiro convidado da série CAU Conversa.

Pesquisa Inédita: percepções da sociedade sobre Arquitetura e Urbanismo

No mês em que a ONU comemora o “outubro urbano”, o Brasil toma conhecimento de dados preocupantes em relação a obras particulares de suas cidades. Pesquisa inédita realizada pelo Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Brasil (CAU/BR) e pelo Instituto

Sem comentários

Escreva um comentário
Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar esta postagem.

Escreva um comentário

Deixe uma resposta