CAU/BR estreia programa Arquitetura para a Vida na Rádio CBN

CAU/BR estreia programa Arquitetura para a Vida na Rádio CBN

Programa traz as principais informações para quem quer construir ou reformar

cau

 

O CAU/BR tem uma novidade incrível para arquitetos e urbanistas de todo o Brasil. A partir desta segunda, 9 de abril, a rádio CBN vai veicular o programa “Arquitetura para a Vida”, que vai explicar à população em geral as principais vantagens de se contratar arquitetos e urbanistas: economia, segurança, planejamento, conforto, valorização do imóvel. O objetivo é conscientizar a população brasileira sobre a necessidade da contratação de arquitetos e urbanistas em obras de reforma ou construção. Arquitetura e Urbanismo para todos.

O programa vai ao ar às segundas, quartas e sextas, no Jornal da CBN Primeira Edição (faixa horária das 6h às 9h). É apresentado pela jornalista Cristina Serra, que possui larga experiência na TV Globo e produziu a primeira reportagem sobre a Pesquisa do CAU/BR que revelou que 85% dos brasileiros constroem sem o auxílio de arquitetos ou engenheiros.

 

Confira abaixo os temas dos três primeiros programas.

PROGRAMA 01: “PLANEJAMENTO”

Minuto Arquitetura para a vida

Todo mundo sabe que obras são extremamente complexas e envolvem muitas etapas, além dos desejos do cliente! E encarar tudo isso sem um profissional pode ser uma grande loucura, sem falar na perda de tempo e de dinheiro. Só o arquiteto é capaz de transformar desejos em realidade, sempre do melhor jeito: aproveitando melhor os espaços, trabalhando a iluminação e o conforto, contratando mão de obra e até cuidando da burocracia. O arquiteto trabalha no planejamento e na execução da obra, passando por TODAS as fases, do início até o fim. Por isso para construir ou reformar, contrate sempre um arquiteto. Ele garante economia, segurança e satisfação.

PROGRAMA 02: “ECONOMIA EM OBRAS”

Minuto Arquitetura para a vida

Obras e reformas dão muito trabalho! Aposto que você conhece alguém que já passou por isso. São muitas as etapas envolvidas. Mas o que muita gente não sabe é que o arquiteto, profissional especializado no assunto, é super acessível e faz toda diferença. Ele faz o projeto, planeja a obra, prevê a quantidade de materiais, evita desperdícios e orienta na contratação de mão de obra. O arquiteto também supervisiona todo o trabalho e faz com que os prazos sejam cumpridos. O trabalho de um arquiteto custa no máximo 10 por cento do valor de uma obra, enquanto o desperdício de quem tenta fazer tudo sozinho pode custar 30 por cento a mais. Pense nisso!

Arquitetos garantem economia, segurança e satisfação.

 

PROGRAMA 03: “REFORMAS EM CONDOMÍNIOS”

Minuto Arquitetura para a vida

Você que mora em condomínio e quer fazer uma obra, precisa conhecer a Norma de Reformas da ABNT. Ela exige que a reforma em um condomínio ou uma unidade contenha um projeto e um laudo de um arquiteto ou engenheiro atestando que a obra não causará problemas ao prédio e ao entorno. Por isso os projetos de reforma precisam ser enviados ao síndico e ao condomínio antes da obra começar. Importante ressaltar que quando você segue a Norma de Reformas da ABNT, com a participação de arquitetos, previne problemas para você, seus vizinhos e seu patrimônio. Arquitetos garantem economia, segurança e satisfação.

 

A matéria completa você confere na página do CAU/BR



Artigos relacionados

Código de Ética e Disciplina do CAU/BR – 1.1.3

A diretriz 1.1.3 do Código de Ética e Disciplina do CAU/BR estabelece a relação do arquiteto com o patrimônio arquitetônico.

Arquiteturas: Orla de Santos

A maior orla de praia do mundo fez muito sucesso. Explicamos como isso aconteceu.

Carla Juaçaba projeta capela para o Vaticano na Bienal de Veneza 2018

  A arquiteta brasileira foi convidada a se juntar à seleção de profissionais responsáveis por projetar capelas que irão marcar a primeira participação do Vaticano na Bienal de Veneza de 2018. A 16ª. edição do evento acontece entre os dias

Sem comentários

Escreva um comentário
Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar esta postagem.

Escreva um comentário

Deixe uma resposta