Cinco prédios brasileiros vencem prêmio internacional de arquitetura

Dos 31 premiados pelo Mies Crown Hall Americas Prize, cinco são brasileiros. Destaques foram escolhidos entre 200 concorrentes da América do Norte e do Sul

Via Gazeta do Povo

 

Foto: Nelson Kon

 

O prêmio de arquitetura Mies Crown Hall Americas Prize (MCHAP) divulgou, na última sexta-feira (25), seus vencedores do biênio 2018/2019. Ao total, foram 31 prédios selecionados como Projetos de Destaque entre 200 inscritos. O anúncio foi feito durante a Bienal de Veneza pelo diretor do MCHAP, Dirk Denison. Os finalistas do prêmio internacional serão escolhidos dentre estes já premiados nas regionais e anunciados em outubro.

O MCHAP tem como objetivo premiar os prédios de maior relevância das Américas, incluindo América do Norte, Central e do Sul. O júri do prêmio é composto por cinco especialistas em arquitetura e urbanismo, de quatro países diferentes: Estados Unidos, México, Chile e Reino Unido. O prêmio é promovido pelo Illinois Institute of Technology (IIT).

 

 

Conheça os brasileiros selecionados!

Sesc 24 de Maio, Paulo Mendes da Rocha + MMBB Arquitetos

Com 14 andares, o novo Sesc 24 de Maio se localiza no Centro de São Paulo. Sua arquitetura é desenhada para dialogar com o bairro, com 14 pavimentos e janelas de vidro por onde se pode observar os vários traços da cidade. O prédio inclui áreas reservadas a esportes, a cultura e a alimentação. No terraço, uma piscina também proporciona um espaço de convivência.

 

Estações da Linha 2 – CCR Metrô Bahia, JBMC Arquitetura e Urbanismo

Localizada em Salvador, a Linha 2 de metrô tem 12 estações e liga a região de Iguatemi/Rodoviária ao aeroporto. O projeto é marcado pelos 11 arcos de 23 metros de vão, que preservam a ventilação e iluminação natural por serem divididos em trechos inclinados, formando uma sequência. Pilares de concreto dialogam com o colorido dos arcos e permitem um maior aproveitamento do espaço interno.

 

Instituto Moreira Salles, Andrade Morettin Arquitetos

O novo prédio do Instituto Moreira Salles foi desenhado para abrigar um museu em plena Avenida Paulista. Ele foi desenhado para abrigar dois interesses principais: o programa do museu e o aproveitamento do contexto urbano. Assim, além das salas expositivas, o prédio conta com auditório, salas de aula e espaço multimídia, criando uma Midiateca. Para aproveitar seu entorno, o térreo do edifício fica a quinze metros do chão, criando um observatório para a avenida icônica.

 

Casa 239, UNA Arquitetos

Projetada para uma família em São Paulo, a Casa 239 tem como ponto central uma jabuticabeira de 50 anos de idade. Todos os outros cômodos são voltados para ela: varanda, sala de estar, jantar, cozinha, sala de estudos e quarto. No terraço, uma piscina proporciona contato direto com a natureza. Madeira e concreto marcam o estilo do projeto.

 

Huma Klabin, UNA Arquitetos

O prédio residencial Huma Klabin fica no bairro da Vila Mariana, em São Paulo. São duas torres com 12 pavimentos, divididas entre apartamentos de 44m² a 67m². Concreto armado aparente dá o tom do edifício, que favorece vistas, aeração e insolação em um bairro permeado por diversas construções altas.



Artigos relacionados

Oscar Niemeyer no Roda Viva

Niemeyer ficou mundialmente conhecido pela ousadia inovadora de sua arquitetura cheia de curvas. Os prédios que abrigam o Governo Federal brasileiro são apenas alguns exemplos de sua vasta produção.

22 de Setembro: Dia Mundial Sem Carro

O Dia Mundial Sem Carro é uma iniciativa criada para, além de melhorar o trânsito nas cidades, conscientizar a população quanto ao uso excessivo do automóvel particular. A dependência se torna cada vez maior. Prático, cômodo e eficiente – adjetivos

Estudantes brasileiros vencem Prêmio global da Schindler

A premiação, que aconteceu no dia 25 de abril, no Monte Líbano, em São Paulo, teve como tema soluções de arquitetura e design urbano para a área do Ceagesp, de 700 mil metros quadrados. A equipe vencedora, que recebeu um

Sem comentários

Escreva um comentário
Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar esta postagem.

Escreva um comentário

Deixe uma resposta