Conjunto Nacional

Conjunto Nacional

O  arquiteto David Libeskind, recentemente falecido, explicou o projeto do Conjunto Nacional, até hoje um exemplo de boa arquitetura.

“Para a realização do Conjunto Nacional, José Tjurs contratou alguns arquitetos para apresentar ideias sobre o projeto e eu também fui chamado. Lembro que ele me recebeu em seu escritório, no Anexo do Hotel Excelsior, na Avenida Ipiranga, e logo começou a me chamar de ‘menino’ por causa da minha idade. 

Ele explicou que pretendia construir um hotel e um centro comercial para exposições de indústrias em um grande terreno na Avenida Paulista e me pediu para apresentar um estudo em uma semana.

Na época, em 1955, a Avenida Paulista era inteiramente residencial e a Rua Augusta já era o centro comercial onde estavam as lojas chiques, pois ainda não existiam shoppings centers. Assim, sugeri uma construção que cominasse uma lâmina vertical, para apartamentos, e um jardim suspenso com uma grande área comercial embaixo, que seria um prolongamento da Rua Augusta. José Tjurs, assessorado por profissionais do setor, aprovou a minha ideia.

O projeto era característico da arquitetura brasileira daquela época, com ênfase no terraço-jardim e nos pilotis. A composição arquitetônica era basicamente formada por duas lâminas: uma horizontal, para uso comercial, que ocupava toda a área do terreno, e outra, vertical, de apartamentos. Separando as duas lâminas, havia os pilotis que se apoiavam sobre o terraço-jardim que serve de cobertura de toda a área comercial. Além dos pilotis, nesse terraço foram projetados um salão de festas e uma cúpula geodésica para abrigar o conjunto de rampas e elevadores do hallcentral”.



Artigos relacionados

Conjunto da Pampulha é declarado Patrimônio Mundial da Humanidade

O Conjunto Arquitetônico da Pampulha, projetado por Oscar Niemeyer, foi declarado Patrimônio Mundial pela UNESCO

Rosa Artigas: Entre a preservação do patrimônio urbano e o IPTU da cidade de São Paulo

Artigo da historiadora Rosa Artigas sobre a difícil situação de preservar as obras do pai e pagar altos impostos à Prefeitura.

Iphan autoriza construção de Silvio Santos nos arredores do Teatro Oficina

O Teatro Oficina, projetado por Lina Bo Bardi e Edson Elito, corre o risco de ter seu entorno alterado devido a aprovação da construção de duas torres residenciais de cem metros de altura, que serão instaladas no terreno ao lado

Sem comentários

Escreva um comentário
Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar esta postagem.

Escreva um comentário

Deixe uma resposta