Edifícios icônicos ganham vida na mão de ilustrador

Edifícios icônicos ganham vida na mão de ilustrador

Quão louco seria ver alguns dos edifícios mais conhecidos do mundo ganhando vida e andando por ai? Pois para o ilustrador Michael William Lester isso não soou nem um pouco estranho.

Nascido em uma pequena cidade do leste da Inglaterra, o designer decidiu olhar para a arquitetura com outros olhos e fez suas convicções sobre a profissão se tornarem ainda mais reais na série “Character Building”.

“A boa arquitetura interage com o seu entorno. Isso desprende energia e gera tanta vida que o edifício vive e respira”, afirma Lester, em uma breve explicação sobre a proposta, que de forma divertida – com GIF’S – coloca as obras em uma outra perspectiva.

E entre tantas obras famosas, uma brasileira não escapou aos olhos do ilustrador!

“O aeroporto de Brasília foi atualizado com um braço a mais para a Copa do Mundo de 2014”, descreve Michael na animação do Aeroporto Internacional de Brasilia Juscelino Kubistchek (o primeiro da quinta coluna da esquerda para direita).

Para descobrir o nome dos outros edifícios ou suas descrição é só acessar o site do artista.

EDIFÍCIOS ICÔNICOS


Tags:
Brasília

Artigos relacionados

Jorge Wilheim no Roda Viva

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=eZtUnzG2dAU&w=832&h=h468]   Nascido em Trieste, na Itália, em 1928, descendente de húngaros, Jorge Wilheim migrou para o Brasil aos 22 anos. Formou-se pela Universidade Presbiteriana Mackenzie em São Paulo. Entre seus primeiros projetos estão Parque Anhembi, o Hospital Albert Einstein

E a velha fábrica ganhou nova vida

Concebido por Lina Bo Bardi em colaboração com André Vainer e Marcelo Ferraz, o Sesc Fábrica da Pompéia é um dos exemplos mais bem sucedidos de criação de um espaço público de lazer, cultura e esporte construído na cidade de

Affonso Eduardo Reidy

Affonso Eduardo Reidy nasceu em Paris, em 1909, mas fez sua carreira no Rio de Janeiro, onde faleceu, em 1964. Antes mesmo de formar-se na Escola Nacional de Belas Artes (Enba), em 1930, foi estagiário do urbanista francês Donat Alfred

Sem comentários

Escreva um comentário
Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar esta postagem.

Escreva um comentário

Deixe uma resposta