Exposição celebra 70 anos de FAU-USP

A exposição, com o tema “FAU 70 anos” é uma comemoração às sete décadas da fundação da Faculdade de Arquiteturas e Urbanismo da Universidade de São Paulo, que aconteceu em 1948.

A história da faculdade e sua evolução serão contadas por meio de realizações de alunos, ex-alunos, professores e funcionários. O conteúdo, exposto no Edifício Joaquim Nabuco, é dividido em duas grandes salas. Em uma delas, podem ser apreciados projetos, práticas políticas, experiências didáticas, realizações técnicas e artísticas, em um espectro amplo da produção de conhecimento.

Na segunda sala estão expostas as atividades que enaltecem a presença e o compromisso da FAU com a sociedade: projetos premiados, registros da presença em instituições públicas, ações de cultura e extensão realizadas por diversos profissionais que passaram pela instituição ao longo dos 70 ano.

A exposição, que segue até o dia 24 de junho, fica aberta de terça-feira a domingo, das 10h às 18h, no Centro Universitário Maria Antônia, no Prédio Joaquim Nabuco.

 



Artigos relacionados

Elizabeth Diller entre as 100 pessoas mais influentes do mundo segundo a revista TIME

A arquiteta Elizabeth Diller, do escritório Diller Scofidio + Renfro, foi novamente nomeada uma das pessoas mais influentes do mundo pela TIME em 2018. A lista anual da TIME Magazine, chamada de “Time 100”, reconhece a conquista dos artistas, líderes,

Governo do DF ignora veto do Iphan e mantém projeto do viaduto

Instituto afirma que proposta do Executivo fere tombamento de Brasília; Governo defende que alteração é para garantir a segurança O governo do Distrito Federal garantiu que pretende manter o projeto de revitalização do viaduto da Galeria dos Estados, mesmo sem

Capela Santa Luzia

Suspensa a 31 metros do chão, a capela Santa Luzia, obra tombada como patrimônio cultural de São Paulo, tem quase cem anos de funcionamento. Sua suspensão se dá por meio de oito pilares, quatro de cada lado da estrutura.  

Sem comentários

Escreva um comentário
Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar esta postagem.

Escreva um comentário

Deixe uma resposta