Exposição permite que visitante “coma” Brasília

Exposição permite que visitante “coma” Brasília

A exposição Ciclo – Criar Com o Que Temo comemora os 100 anos dos primeiros ready-made de Marcel Duchamp, artista que inovou ao promover o deslocamento de objetos comuns para o cenário de exposições de arte. A mostra acontece no Centro Cultural Banco do Brasil DF, em Brasília, com 15 artistas expositores.

Umas das peças que mais chama atenção é a “cidade comestível” do artista plástico Sung Dong. Nela é possível ao visitante comer a cidade de Brasília, construída com doces, biscoitos e várias outras guloseimas. A sessão de comilança será aberta neste sábado, às 11 horas da manhã.

Qual parte da arquitetura você vai querer?


Artigos relacionados

Prêmio Lúcio Costa 2018

A cerimônia de entrega do Prêmio Lúcio Costa 2018, realizada pela Comissão de Desenvolvimento Urbano (CDU), acontecerá no dia 11 de dezembro às 16h no Auditório Nereu Ramos, da Câmara dos Deputados. A premiação, que chega à sua 4ª edição,

Prêmio Pritzker de 2018 será anunciado no começo de março

O Prêmio Pritzker de Arquitetura foi fundado em 1979 por Jay A. Pritzker e sua esposa, Cindy, com o propósito de honrar anualmente um arquiteto vivo, cujo trabalho demonstra uma combinação de qualidades como talento, visão e comprometimento, que tenham

Ruy Ohtake no programa Provocações

O paulistano Ruy Ohtake (1938) tem mais de 300 projetos realizados. Arquiteto e design de móveis, formou-se na FAU-USP em 1960. É autor das sedes dos hotéis Unique e Renaissance, do Parque Ecológico do Tietê, do sistema de transporte urbano

Sem comentários

Escreva um comentário
Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar esta postagem.

Escreva um comentário

Deixe uma resposta