Inaugurado o primeiro edifício brasileiro assinado por Norman Foster

Inaugurado o primeiro edifício brasileiro assinado por Norman Foster

São 21 andares e uma vista de arrepiar. De um lado a Baía de Guanabara, de outro o morro da Providência, o relógio da Central do Brasil, o Pão de Açúcar e o Corcovado. O Aqwa Corporate, projetado pelo arquiteto Norman Foster, vencedor de um prêmio Pritzker, o Nobel da arquitetura, será inaugurado nesta quinta-feira (19).

Na entrada, um pátio aberto ao público. O térreo é ocupado com lojas e cafés, enquanto fica reservado ao último andar o sky lobby, com uma vista de 180°. Norman Foster faz uso de recursos sustentáveis no projeto: a inclinação de 20° do prédio faz com que a luz solar não incida diretamente nas janelas, o que ameniza o calor e melhora a acústica. O ambiente panorâmico quase dispensa a luz artificial durante o dia. O prédio possui uma estação, que coleta a água de chuva para irrigar jardins e ser utilizada em banheiros

Até o momento, sete empresas mostraram interesse em se mudar para o novo edifício, mas ainda não foram fechados contratos de locomoção. A abertura do novo edifício, localizado no centro do Rio de Janeiro, será marcada pelo evento Casa Cor Rio 2017, que começa na terça-feira, 30 de novembro.



Artigos relacionados

Paulo Mendes da Rocha

Um dos expoentes da chamada escola paulista da arquitetura contemporânea brasileira, ele havia se formado arquiteto e urbanista numa das primeiras turmas da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Presbiteriana Mackenzie, de São Paulo em 1954.

FAU-USP mantém acervo online da Revista Acrópole (1934-1971)

A revista agora possui todo seu acervo digitalizado, online e gratuito.

Empresa alemã é a primeira a desenvolver elevador sem cabos

A empresa ThyssenKrupp conseguiu desenvolver uma tecnologia que permite a mobilidade do elevador Multi  na horizontal e na vertical, sem a necessidade de cabos. O projeto foi inspirado nas invenções de “Willy Wonka”, do filme A Fantástica Fábrica de Chocolate.

Sem comentários

Escreva um comentário
Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar esta postagem.

Escreva um comentário

Deixe uma resposta