Inaugurado o primeiro edifício brasileiro assinado por Norman Foster

Inaugurado o primeiro edifício brasileiro assinado por Norman Foster

São 21 andares e uma vista de arrepiar. De um lado a Baía de Guanabara, de outro o morro da Providência, o relógio da Central do Brasil, o Pão de Açúcar e o Corcovado. O Aqwa Corporate, projetado pelo arquiteto Norman Foster, vencedor de um prêmio Pritzker, o Nobel da arquitetura, será inaugurado nesta quinta-feira (19).

Na entrada, um pátio aberto ao público. O térreo é ocupado com lojas e cafés, enquanto fica reservado ao último andar o sky lobby, com uma vista de 180°. Norman Foster faz uso de recursos sustentáveis no projeto: a inclinação de 20° do prédio faz com que a luz solar não incida diretamente nas janelas, o que ameniza o calor e melhora a acústica. O ambiente panorâmico quase dispensa a luz artificial durante o dia. O prédio possui uma estação, que coleta a água de chuva para irrigar jardins e ser utilizada em banheiros

Até o momento, sete empresas mostraram interesse em se mudar para o novo edifício, mas ainda não foram fechados contratos de locomoção. A abertura do novo edifício, localizado no centro do Rio de Janeiro, será marcada pelo evento Casa Cor Rio 2017, que começa na terça-feira, 30 de novembro.



Artigos relacionados

Câmara pede urgência para PL que torna crime o exercício ilegal da arquitetura

O projeto de lei 6699/2002, de autoria de José Carlos Coutinho, está parado há 15 anos.   A proposta, que torna crime contra a saúde pública o exercício ilegal das profissões de arquiteto e urbanista, agrônomo, engenheiro, médico, dentista e

A cidade do amanhã por Luiz Fernando Janot

O que hoje está prevalecendo na maioria das sociedades é a ideologia do aqui e agora, ou seja, viver como se não existisse futuro e muito menos passado.

Paulo Mendes da Rocha abre série de palestras sobre o Centenário de Artigas

Programação se aprofunda no legado do arquiteto paulista

Sem comentários

Escreva um comentário
Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar esta postagem.

Escreva um comentário

Deixe uma resposta