IAB quer criar fundo permanente de manutenção

Em resposta ao incêndio que destruiu o Museu Nacional do Rio de Janeiro, o Instituto de Arquitetos do Brasil (IAB) divulgou nota oficial sugerindo a criação de um fundo permanente que garanta a manutenção dos museus nacionais e a preservação do nosso patrimônio cultural, a ser gerido pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) e Instituto Brasileiro de Museus (IBRAM).

“Apesar da existência, há 81 anos, de instituições e leis voltadas à preservação do patrimônio cultural nacional, a efetiva salvaguarda dos nossos bens culturais esteve sempre limitada pelos reduzidos recursos humanos e econômicos destinados a essas ações. O Museu Nacional, por exemplo, não dispunha das instalações necessárias para prevenir e combater incêndios”, diz a nota.

O IAB lembra ainda que no mês passado promoveu um “abraço ao patrimônio”, que envolveu centenas de pessoas em 27 localidades de 13 Estados em ações de valorização dos prédios históricos em todo o país.

 

 

 

Via Cau/BR



Artigos relacionados

Patrimônio Histórico: Nota do CAU/BR sobre o incêndio no Museu Nacional, no RJ

A destruição o Museu Nacional da Quinta da Boa Vista, no Rio de Janeiro, não pode passar em branco. Essa tragédia deve servir como um grito de basta contra o abandono, negligência e destruição da memória nacional. A realidade, lamentavelmente,

Capela Santa Luzia

Suspensa a 31 metros do chão, a capela Santa Luzia, obra tombada como patrimônio cultural de São Paulo, tem quase cem anos de funcionamento. Sua suspensão se dá por meio de oito pilares, quatro de cada lado da estrutura.  

Paulo Mendes da Rocha vai presidir o comitê de honra do UIA2020RIO

Sendo hoje um dos arquitetos brasileiros mais reconhecidos mundialmente , Paulo Mendes da Rocha foi convidado por Nivaldo Andrade (Presidente Nacional do IAB), Luiz Antonio de Souza (Secretário Geral da Direção Nacional do IAB) e Celio Melis para presidir o

Sem comentários

Escreva um comentário
Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar esta postagem.

Escreva um comentário

Deixe uma resposta