Iphan barra proposta de reconstrução do Eixão Sul

O projeto apresentado pelo Departamento de Estradas de Rodagem do DF para a reconstrução do trecho do Eixão Sul que desabou em fevereiro deste ano foi barrado pela Superintendência do Iphan no Distrito Federal.

A justificativa do órgão responsável pelo patrimônio histórico do Brasil é de que a proposta “altera fortemente a arquitetura original e compromete a integridade arquitetônica e urbanística e, por extensão, do conjunto da Plataforma Rodoviária e sistema viário complementar”.

 

Segundo o laudo do Iphan, o maior problema da proposta apresentada é o tamanho dos pilares, muito maiores que os do projeto original. Após consultar a Universidade de Brasília, o Instituto recomendou ao DF que diminua “ao máximo possível” as dimensões dos apoios de concreto.

“Durante reunião com representantes do GDF, do DER e da Novacap, ficou definido um novo encontro para ainda esta semana para debater nova proposta que inclua, também, a questão da ambiência da área. Um dos objetivos do Iphan é garantir a gestão compartilhada do Conjunto Urbano de Brasília, visando a preservação do bem tombado e a segurança da população”, afirmou o Iphan.

 

 

Via G1



Artigos relacionados

Oscar Niemeyer no Roda Viva

Niemeyer ficou mundialmente conhecido pela ousadia inovadora de sua arquitetura cheia de curvas. Os prédios que abrigam o Governo Federal brasileiro são apenas alguns exemplos de sua vasta produção.

A soma será melhor por Sérgio Magalhães

A nova cidade precisará se somar à cidade existente ficando onde está. Ao invés de dispersar as construções, concentrar e manter a população.

MOSTRA LE CORBUSIER

O Museu da Casa Brasileira, instituição da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo, inaugura no dia 16 de junho, sábado, às 14h00, a exposição ‘Experimentando Le Corbusier – Interpretações contemporâneas do modernismo’. Com curadoria de Pierre Colnet e

Sem comentários

Escreva um comentário
Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar esta postagem.

Escreva um comentário

Deixe uma resposta