Jaime Lerner completa 80 anos

O arquiteto Jaime Lerner completou 80 anos no dia 17 de dezembro de 2018. Eleito 2º maior urbanista do mundo, Lerner é reconhecido pela trajetória construída em Curitiba. Três vezes prefeito da cidade, ele liderou a revolução que fez do local uma referência nacional e internacional em planejamento urbano, principalmente em transporte e meio ambiente; pioneiro da sustentabilidade.

Em 1971, após primeira indicação de seu nome para a Prefeitura, Lerner fechou a Rua XV de Novembro e inaugurou o sistema de canaletas exclusivas para ônibus, implantando o Sistema Integrado de Transporte Coletivo. A proposta era transpor o conceito de metro para a superfície, de maneira que o embarque fosse rápido, que houvesse poucas paradas e frequência dos veículos. Solucionada a mobilidade, a consequência imediata foi a melhoria das áreas verdes.

Pelo reconhecimento de suas obras recebeu diversos prêmios e títulos internacionais com destaque para o Prêmio Máximo das Nações Unidas para o Meio Ambiente (1990), UNICEF Criança e Paz (1996), o 2001 World Technology Award for Transportantion, o 2002 Sir Robert Mathew Prize for the Improvement of Quality of Human Settlements, pela União Internacional dos Arquitetos, e o Prêmio Volvo Environment Prize 2004. Em 2010 foi nomeado pela revista Time um dos 25 Pensadores mais Influentes do mundo

 

Fontes: Gazeta do Povo ; Jaime Lerner ;  El País

 



Artigos relacionados

Encontro no Conjunto Nacional homenageia David Libeskind

Para homenagear o que seria o 90º aniversário de David Libeskind, o jornalista e escritor Raul Juste Lores e o engenheiro civil Marcelo Libeskind, filho do arquiteto, organizam um encontro no dia 24 de novembro, às 15h, no Espaço Deck

MuBE realiza exposição em homenagem a Burle Marx

A partir do dia 15 de dezembro, a mostra intitulada “Burle Marx: arte, paisagem e botânica” é exposta no Museu Brasileiro da Escultura e Ecologia, em São Paulo. A exposição, que reúne obras inéditas e apresenta a faceta polivalente do

Governo do DF ignora veto do Iphan e mantém projeto do viaduto

Instituto afirma que proposta do Executivo fere tombamento de Brasília; Governo defende que alteração é para garantir a segurança O governo do Distrito Federal garantiu que pretende manter o projeto de revitalização do viaduto da Galeria dos Estados, mesmo sem

Sem comentários

Escreva um comentário
Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar esta postagem.

Escreva um comentário

Deixe uma resposta