Jorge Wilheim no Roda Viva

Jorge Wilheim no Roda Viva

 

Nascido em Trieste, na Itália, em 1928, descendente de húngaros, Jorge Wilheim migrou para o Brasil aos 22 anos. Formou-se pela Universidade Presbiteriana Mackenzie em São Paulo. Entre seus primeiros projetos estão Parque Anhembi, o Hospital Albert Einstein e o Clube Hebraica.

Em 1954, fez o projeto urbanístico da cidade de Angélica (MT), para 15 mil habitantes. Três anos mais tarde, participou do  concurso do ante-projeto de Plano Diretor de Brasília. Foi o responsável ainda pela reurbanização do Pátio do Colégio e do Anhangabaú e pela Cidade Industrial de Londrina.

Além da arquitetura, teve uma intensa vida pública como secretário estadual de Economia e Planejamento de São Paulo (1975-1979), secretário municipal de Planejamento paulistano (1983-1986 e 2001-2004), secretário Estadual de Meio Ambiente (1987-1991) e presidente da Empresa Metropolitana de Planejamento de Grande São Paulo (1991-1994). Assumiu, ainda, a presidência da Fundação Bienal de São Paulo, em 1985.



Artigos relacionados

Sindicato faz campanha para valorizar o jovem arquiteto

Lista de orientações do Sindicato dos Arquitetos do Rio Grande do Sul para valorizar o arquiteto em início de carreira.

André Corrêa do Lago é o primeiro brasileiro a integrar o júri do Pritzker

Esta é a primeira vez que um brasileiro é convidado a fazer parte da equipe de júri do Pritzker, considerado o Nobel da Arquitetura. A decisão foi anunciada no sábado, 20 de maio, durante a entrega do prêmio aos integrantes

E a velha fábrica ganhou nova vida

Concebido por Lina Bo Bardi em colaboração com André Vainer e Marcelo Ferraz, o Sesc Fábrica da Pompéia é um dos exemplos mais bem sucedidos de criação de um espaço público de lazer, cultura e esporte construído na cidade de

Sem comentários

Escreva um comentário
Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar esta postagem.

Escreva um comentário

Seu e-mail nâo será publicado.
Campos obrigatórios estão marcados*