A fase áurea da arquitetura, por Luciano Margotto

A fase áurea da arquitetura, por Luciano Margotto


Para o portal Arquitetura e Urbanismo Para Todos do CAU/BR, Paulo Markun entrevistou o arquiteto Luciano Margotto, professor da Escola da Cidade e sócio do escritório República Arquitetos.

Para ele, a arquitetura em sua época áurea, era elitizada. Houve um aumento do número de arquitetos, mas é preciso voltar a usar as cidades, como naquela época. Temas:

00:05 Anos 50 momento de auge da arquitetura brasileira, atualmente perdeu um pouco a relevância. Como é possível reverter isso?
02:25 Como se resolve a questão da escala?
04:04 Verticalização
06:00 O que o arquiteto pode aprender com o usuário da obra ou com o cliente?
07:20 Você é otimista em relação ao papel que a arquitetura?


Artigos relacionados

Décio Tozzi: reflexão e prospecção na Arquitetura

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=vOPpQYqOs3A&w=832&h=h468] O arquiteto Décio Tozzi vê aspectos reflexivos e prospectivos na Arquitetura, mas lamenta que a maior parte das obras das cidades não tenha o trabalho dos arquitetos. Entrevista a Paulo Markun para o portal Arquitetura e Urbanismo Para Todos

Almir de Oliveira: Habitação Indígena

O arquiteto Almir de Oliveira desfaz o conceito de que todas as casas indígenas são iguais e explica as simbologias que elas assumem para cada etnia dentro de sua cosmologia.

Em São Paulo, parques naturais municipais estão abandonados desde maio

Não há quem vigie os parques naturais municipais de São Paulo desde maio deste ano. A empresa responsável, a Atlântico Sul Vigilância e Segurança EIRELI, abriu falência em abril. Em maio seus funcionários abandonaram os postos na capital e desde então as unidades de conservação da cidade estão sem vigilância.

Sem comentários

Escreva um comentário
Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar esta postagem.

Escreva um comentário

Deixe uma resposta