A fase áurea da arquitetura, por Luciano Margotto

A fase áurea da arquitetura, por Luciano Margotto


Para o portal Arquitetura e Urbanismo Para Todos do CAU/BR, Paulo Markun entrevistou o arquiteto Luciano Margotto, professor da Escola da Cidade e sócio do escritório República Arquitetos.

Para ele, a arquitetura em sua época áurea, era elitizada. Houve um aumento do número de arquitetos, mas é preciso voltar a usar as cidades, como naquela época. Temas:

00:05 Anos 50 momento de auge da arquitetura brasileira, atualmente perdeu um pouco a relevância. Como é possível reverter isso?
02:25 Como se resolve a questão da escala?
04:04 Verticalização
06:00 O que o arquiteto pode aprender com o usuário da obra ou com o cliente?
07:20 Você é otimista em relação ao papel que a arquitetura?


Artigos relacionados

Índio da Costa: quando entra má arquitetura o projeto encarece

Para o arquiteto Índio da Costa, houve nos anos 50 um terreno fértil para a arquitetura no sentido de que o tempo técnico para o planejamento do projeto era respeitado. Hoje em dia isso não acontece.

Verticalização homogênea, por Dal Pian Arquitetos

Para o portal Arquitetura e Urbanismo Para Todos do CAU/BR, Paulo Markun entrevistou Renato e Lilian Dal Pian, sócios do escritório Dal Pian Arquitetos.

A luz e a arquitetura de Décio Tozzi

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=QggRt0LeUwM&w=832&h=h468] Em toda sua carreira, o arquiteto Décio Tozzi pesquisa o papel da luz na Arquitetura. Tozzi acha que Arquitetura é luz e sombra, também. E explica o que buscou no orquidário Ruth Cardoso. Entrevista a Paulo Markun, para o

Sem comentários

Escreva um comentário
Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar esta postagem.

Escreva um comentário

Deixe uma resposta