Morre o arquiteto e urbanista Paulo Zimbres

Paulo de Melo Zimbres, que morreu na madrugada deste dia 03 de junho. Nascido em Ouro Preto em 1933, graduou-se arquiteto e urbanista em 1960 pela FAU-USP. Iniciou sua carreira como professor universitário na UnB em 1968 no processo de reorganização e reabertura do curso de Arquitetura, após a debandada de professores (inclusive Oscar Niemeyer) durante o período da ditadura militar.

 

 

Na UnB, projetou o emblemático prédio da Reitoria (foto acima) e foi chefe o Centro de Planejamento. Sempre dedicado ao ensino e à prática projetual, Zimbres ainda realizou inúmeras obras residenciais, além de equipamentos para campi universitários, como a biblioteca da Universidade Federal de Uberlândia e o Teatro Unimep. Destacou-se também em concursos públicos e realizou as obras do Conselho Federal de Medicina e do CREA/DF.

Atuou proficuamente desenhando espaços urbanos com destaque a três importantes bairros de Brasília: os Setores Sudoeste e Noroeste, e Águas Claras. Paulo Zimbre dedicou mais de 60 anos de sua vida à Arquitetura e ao Urbanismo em suas diversas frentes de atuação. Os arquitetos estendem suas condolências à família e amigos que o têm como referência permanente.

Fonte CAU/BR



Artigos relacionados

Carlos Fernando lança livro sobre urbanismo no Rio

O livro “Vazou: Crônicas do Urbanismo Carioca“, do arquiteto e urbanista e conselheiro federal do CAU/BR pelo Rio de Janeiro Carlos Fernando Andrade, será lançado na segunda-feira, 8 de julho, na Livraria da Travessa de Botafogo, às 19h. A obra

Prefeitura tomba seis obras de Paulo Mendes da Rocha

A Prefeitura de São Paulo homologou o tombamento de seis projetos, onde cinco são de autoria de Paulo Mendes da Rocha, e de outros 32 imóveis, incluindo o Club Athletico Paulistano, nos Jardins, na zona sul da capital paulista. Os

I Conferência Municipal de Mobilidade Sustentável é realizada em Palmas

Nesta semana será realizada, em Palmas, a I Conferência Municipal de Mobilidade Sustentável, um espaço de debate sobre importantes eixos ligados ao tema. O objetivo da Conferência é produzir um balanço entre o panorama atual da mobilidade no Brasil e

Sem comentários

Escreva um comentário
Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar esta postagem.

Escreva um comentário

Deixe uma resposta