Novo site reúne obras de mulheres pioneiras na arquitetura

Novo site reúne obras de mulheres pioneiras na arquitetura

A Beverly Willis Architecture Foundation lançou um novo site chamado “Pioneering Women of American Architecture“. O site procura promover e documentar mulheres importantes para a história da arquitetura, sendo o resultado de numerosas entrevistas, pesquisas e documentação fotográfica. Desde 2012, Beverly Willis e Wanda Bubriski têm trabalhado para trazer visibilidade à obra de arquitetas dos EUA.

Um júri de historiadores da arquitetura selecionou as mulheres no site com base em critérios bem definidos. Algumas das profissionais apresentadas no site são Marion Mahony Griffin, Ada Louise Huxtable e Ray Kaiser Eames.

De acordo com o site, Reyner Banham chamou Griffin de “a primeira mulher arquiteta dos EUA (e talvez do mundo) que não precisava dar satisfações em um mundo de homens”. Griffin trabalhou ao lado de Frank Lloyd Wright, espalhando o estilo da American Prairie School não apenas nos EUA, mas também na Austrália e na Índia.

Sendo uma crítica de arquitetura do New York Times, Huxtable tinha controle sobre a reputação de outros arquitetos. Seu novo perfil on-line destaca suas realizações, tendo sido a primeira mulher a fazer parte do júri do prêmio Pritzker, recebido uma Bolsa de Guggenheim e um Prêmio Pulitzer, entre outros.

O website discute também a contribuição de Ray Eames em diversos campos, da arquitetura ao design de mobiliário, têxtil, filmes e brinquedos. Foi graças ao passado artístico de Ray que os painéis ousados e coloridos que lembram Mondrian tiveram lugar na fachada da Casa Eames.

Graças a BWAF, todas essas mulheres, e outras 47, foram imortalizadas no novo website. O site foi concebido pelo estúdio Yay Brigade, de Los Angeles, e apoiado pelo National Endowment for the Arts e dezenas de outros estúdios de design. A BWAF planeja expandir o site, acrescentando mais profissionais ao arquivo, e espera que a história dessas arquitetas encoraje jovens mulheres a seguirem a carreira arquitetônica.

 

 

 

Via: archdaily



Artigos relacionados

Lina Bo Bardi

Ao aprovar um trabalho de conclusão de curso de Arquitetura – uma maternidade com estrutura em concreto armado e vidro aparente – o diretor Marcello Piacentido ressalvou que sua aluna era uma bela mulher e que provavelmente não exerceria a

Obras de Oscar Niemeyer são tombadas como Patrimônio Cultural

No dia 7 de junho, o Ministério da Cultura decretou o tombamento de 27 obras projetadas pelo arquiteto. Entre elas está o Palácio da Alvorada, o Palácio do Planalto, o Congresso Nacional, o Museu da Arte Contemporânea em Niterói e

CAU/SP assina Termo de Cooperação Técnica com Secretaria de Cultura de São Paulo

A preservação e valorização do patrimônio cultural de São Paulo, a melhoria da administração e fiscalização dos bens tombados, e a qualificação e capacitação dos arquitetos e urbanistas são os eixos centrais do Termo de Cooperação assinado em dezembro entre

Sem comentários

Escreva um comentário
Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar esta postagem.

Escreva um comentário

Deixe uma resposta