Obras de Niemeyer e Eero Saarinen recebem fundo internacional da Getty Foundation para preservação

Obras de Niemeyer e Eero Saarinen recebem fundo internacional da Getty Foundation para preservação

Como parte de sua iniciativa Keeping It Modern, a Getty Foundation anunciou o investimento de US$ 1,7 milhão em um fundo de conservação que será repassado a onze edifícios icônicos do século XX. Incluindo projetos de abrangência local e internacional, como o Gateway Arch de Eero Saarine, em St. Louis, e a Feira Internacional Rashid Karami de Oscar Niemeyer, no Líbano, a organização já apoiou 54 projetos de conservação desde 2014.

Um edifício de particular importância entre os trabalhos selecionados é o da Escola Nacional de Arte de Havana, um dos primeiros grandes projetos culturais a ser construído após a revolução cubana de 1959, fechado há décadas. O subsídio permitirá um estudo detalhado do local, juntamente com oportunidades de treinamento para profissionais de conservação cubanos.

Além disso, os subsídios concedidos para a Feira de Niemeyer permitem que consultores locais e internacionais desenvolvam estratégias para a reutilização adaptativa do complexo modernista. Devastado pela guerra civil do Líbano e assolado por décadas de negligência, o projeto, composto por pavilhões de exposições, teatros, museus e residências, nunca foi totalmente concluído. Através do financiamento, este e o projeto em Havana poderiam ser recuperados como centros culturais contemporâneos.

As bolsas não focam apenas na análise de trabalho de campo, mas também em pesquisas sobre materiais e técnicas para solucionar ou mitigar o desgaste das estruturas. O revestimento de aço inoxidável no Gateway Arch de Eero Saarinen tem propensão a ficar sujo; tal depreciação pode ser evitada por protocolos de preservação de especialistas em conservação. Da mesma forma, o Instituto Salk de Estudos Biológicos projetado por Louis Kahn, recebeu sua segunda concessão para a conservação de sua estrutura em concreto.

“Sempre acreditamos que, para a conservação do patrimônio cultural, é crucial entender primeiro todas as questões antes de qualquer trabalho, e a arquitetura do século XX não é diferente”, disse Antoine Wilmering, diretor sênior do programa da Fundação Getty. “Após cinco anos de financiamento, os resultados do projeto estão começando a ter um impacto coletivo, à medida que mais e mais administradores adotam um planejamento abrangente como a base para a preservação responsável dos edifícios modernos.”

Com o objetivo de orientar o uso sustentável e energeticamente eficiente dos edifícios modernos, abordando os benefícios dos planos de conservação e engajando comunidades para apoiar edifícios modernos, a iniciativa Keeping It Modern continua a orquestrar a manutenção e a preservação do patrimônio arquitetônico moderno.

A lista completa dos edifícios contemplados pelo programa deste ano inclui:

  1. Escola Nacional de Arte de Havana, Cuba (arquitetos: Ricardo Porro, Vittorio Garatti e Roberto Gottardi)
  2. Feira Internacional de Rashid Karami, Trípoli, Líbano(arquiteto: Oscar Niemeyer)
  3. Gateway Arch, St. Louis, EUA (arquiteto: Eero Saarinen)
  4. Museu de História da Bósnia e Herzegovina, Sarajevo (arquitetos: Boris Magaš, Edo Šmidihen, e Radovan Horvat)
  5. Chess Palace and Alpine Club, Tbilisi, Geórgia (arquiteto: Vladimir Aleksi-Meskhishvili e Germane Gudushauri)
  6. Instituto Salk, La Jolla, EUA (arquiteto: Louis Kahn)
  7. St. Brendan’s Community School, Birr, Irlanda (arquitetos: Peter and Mary Doyle)
  8. Auditório da Technische Universiteit Delft, Países Baixos (arquitetos: Johannes van den Broek e Jaap Bakema)
  9. School of Mathematics at the Università degli Studi di Roma, Roma, Itália (arquiteto: Gio Ponti)
  10. Collegi Universitari at the Università degli Studi di Urbino Carlo Bo, Urbino, Itália (arquiteto: Giancarlo De Carlo)
  11. Engineering Building at the University of Leicester, Inglaterra (arquitetos: James Stirling e James Gowan)

 

Mais informações sobre os subsídios da Fundação Getty, aqui.

 

Foto: International Fairgrounds of Tripoli

Via: Archdaily



Artigos relacionados

Arquiteturas: Galeria do Rock

a galeria mais eclética de São Paulo virou reduto de estilos de vida.

São Paulo nas Alturas

Foi lançado na quarta-feira (16) o livro São Paulo nas Alturas, do jornalista Raul Juste Lores. Desde cedo observador. Quando criança, Raul já passeava pelas ruas de Santos com atenção, admirado pelos grandes edifícios e construções. Em 2015, quando chegou

Novo Centro de Arquitetura de Chicago deve ser inaugurado em 2018

O novo edifício, projetado pelo arquiteto Mies van der Rohe às margens do rio Chicago, terá mais de 1.800 metros quadrados. O local abrigará uma série de exposições e propostas educacionais. E para desenvolver o espaço destinado a essas atividades,

Sem comentários

Escreva um comentário
Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar esta postagem.

Escreva um comentário

Deixe uma resposta