Pilotis

Pilotis

Pilotis são pilares em concreto armado que sustentam uma construção. São característicos da arquitetura modernista brasileira e fazem parte dos Cinco Pontos da Nova Arquitetura proposta pelo francês Le Corbusier.

Esses pilares são muito importantes para a arquitetura brasileira, pois através deles é possível obter um vão livre no nível térreo, caracterizando um espaço público em contraposição ao espaço verticalizado, normalmente privado ou de uso restrito. Dessa forma, é possível ter abrangentes espaços de convivência e circulação. Isso era um valor para os modernistas e uma inovação conceitual.

Lúcio Costa tinha grande preferência pelo uso social do espaço através de pilotis. Em 1936, esse conceito já foi aplicado no prédio do Ministério da Cultura e Educação no Rio de Janeiro, projeto com a participação de Oscar Niemeyer.

 



Artigos relacionados

Verticalização

A verticalização das cidades contemporâneas é um processo universal e relativamente antigo e segundo os especialistas, é uma conseqüência natural da urbanização.  Ele está diretamente associado ao desenvolvimento dos elevadores, que por sua vez, tem origem nas fábricas inglesas do

João Batista Vilanova Artigas

Vilanova Artigas foi um expoente da chamada Escola Paulista de arquitetura moderna. Ele lecionou e reformulou o curso de arquitetura da da FAU – Faculdade de Arquitetura e Urbanismo, prédio que ele mesmo projetou, transformando a própria estrutura do espaço acadêmico em uma aula de arquitetura.

Abertura

Abertura é o termo genérico que resume todo e qualquer rasgo na construção, seja para dar lugar a portas e janelas, seja para criar frestas ou vãos. Relacionado

Sem comentários

Escreva um comentário
Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar esta postagem.

Escreva um comentário

Deixe uma resposta