Plataforma online conta a história do urbanismo no Brasil

Plataforma online conta a história do urbanismo no Brasil

Desde 2003 é realizado um projeto de pesquisa intitulado Cronologia do Pensamento Urbanístico. Desenvolvida pelo Laboratório de Estudos Urbanos (PROURB/FAU-UFRJ) em colaboração com o Laboratório Urbano (PPG-AU/FAUFBA), a pesquisa apresentada é centrada na historiografia do pensamento urbanístico com foco na circulação de ideias, e tem por objetivo principal subsidiar uma história intelectual do urbanismo, de modo a trazer novas perspectivas de análise e novos recortes em torno desse campo.

Em entrevista ao jornal Nexo, a cofundadora do projeto Paola Berenstein Jacques, disse: “A pesquisa completou quinze anos de desenvolvimento contínuo. Nosso foco principal é a formação de jovens pesquisadores (iniciação científica, mestrado e doutorado) no campo da história das cidades e do urbanismo, e nosso principal produto de divulgação é o site. Estamos na quinta versão desta plataforma digital que tem se convertido, cada vez mais, em importante fonte de informações sobre o campo do urbanismo no Brasil e no exterior”

O site tem aproximadamente 8 mil acessos por mês e uma média de 95 mil visitas por ano. Segundo Paola, a cada mês o número de acessos cresce 30%, sem qualquer divulgação além de apresentações em eventos do mesmo campo de estudo. O projeto tem recebido incentivo financeiro do CNPq por meio de editais.

 

 

Funcionamento do site:

Na página inicial, muitos pontos – chamados pelos pesquisadores de “nebulosas do pensamento urbanístico” – e cores, onde cada uma representa um tipo de conteúdo: uma publicação, um projeto, evento ou fatos relevantes. O mouse suspenso no ponto indica qual o verbete está linkado ali, é apresentada a data, o fato e a região onde ele ocorreu. No canto inferior esquerdo da tela é exibido três itens em destaque por vez.

É possível, ainda, acessar informações do site por século e década, por meio de uma linha do tempo, exposta na parte superior da página. Eles dão acesso a uma tabela cronológica preenchida com os registros do período, e pode-se rolar a página para os lados, avançando no tempo, ou para baixo, passando por diferentes regiões brasileiras e continentes. Desse modo, é possível fazer uma comparação dos ocorridos em diferentes regiões do mundo; a divisão é feita da seguinte forma: sul e sudeste do Brasil; Norte e nordeste; centro oeste e América Latina, América do Norte; e Ásia, Oceania e África.

 

Imagem: Brasília, DF. Image © Joana França
Fontes: NEXO; Cronologia do Pensamento Urbanístico

 



Artigos relacionados

Elizabeth Diller entre as 100 pessoas mais influentes do mundo segundo a revista TIME

A arquiteta Elizabeth Diller, do escritório Diller Scofidio + Renfro, foi novamente nomeada uma das pessoas mais influentes do mundo pela TIME em 2018. A lista anual da TIME Magazine, chamada de “Time 100”, reconhece a conquista dos artistas, líderes,

Avenida Paulista é considerada pólo cultural em são Paulo

Ao longos dos 126 anos de existência foram construídas casas, escritórios, lojas, parques, restaurantes, estações de metrô, ciclovias, centros de serviço e comércio, etc. Hoje, a Avenida Paulista, localizada no centro da capital paulista, atingiu a categoria de polo cultural.

Empresa alemã é a primeira a desenvolver elevador sem cabos

A empresa ThyssenKrupp conseguiu desenvolver uma tecnologia que permite a mobilidade do elevador Multi  na horizontal e na vertical, sem a necessidade de cabos. O projeto foi inspirado nas invenções de “Willy Wonka”, do filme A Fantástica Fábrica de Chocolate.

Sem comentários

Escreva um comentário
Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar esta postagem.

Escreva um comentário

Deixe uma resposta