Praça dos Três Poderes

Praça dos Três Poderes

A Praça dos Três Poderes foi projetada por Oscar Niemeyer e Lúcio Costa. Lá estão o Palácio do Itamaraty, o Palácio do Planalto, o Palácio da Justiça, o Supremo Tribunal Federal, o Congresso Nacional, o Panteão da Liberdade e Democracia e o Espaço Lúcio Costa.
No prédio do Congresso Nacional, destacam-se as duas conchas, uma côncava – a do Senado Federal – e a outra convexa – a da Câmara dos Deputados – simbolizam o poder e a relação de contrapesos implícita no sistema bicameral.

O conjunto se completa com dois prédios verticais, na forma da letra H, onde funciona a parte administrativa das duas casas legislativas.

O Palácio do Planalto é a sede do Poder Executivo e abriga o gabinete do presidente da República e a sede administrativa presidencial.

O Supremo Tribunal Federal, sede do Poder Judiciário, que parece flutuar, compõe-se de três pavimentos. No primeiro, há duas entradas: a principal para receber convidados e o público em geral e, no lado oposto, a privativa, para ministros e funcionários da casa.



Artigos relacionados

Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da USP

O prédio da FAU-USP é um exemplar único da materialização de um conceito de escola como um lugar onde todos se reúnem para aprender, ensinar e aprender a ensinar. Isso é ressaltado pelo fato da escola não ter portas, sob

Oscar Niemeyer

Oscar Niemeyer é, sem dúvida, um dos brasileiros mais conhecidos em todo o mundo e um dos arquitetos de maior destaque internacional. Sua marca característica são as construções com curvas e ondulações variadas.

Palácio Gustavo Capanema

Fotografia por Cabano Desenvolvido por Lúcio Costa, Affonso Eduardo Reidy, Carlos Leão, Ernani Vasconcellos, Jorge Machado e Oscar Niemeyer, a sede do antigo Ministério da Educação e Saúde Pública é sem dúvida um dos exemplares mais contundentes do impacto da

Sem comentários

Escreva um comentário
Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar esta postagem.

Escreva um comentário

Deixe uma resposta