Prefeitura de São Paulo planeja retirar mosaicos portugueses de calçadões

Prefeitura de São Paulo planeja retirar mosaicos portugueses de calçadões

As pedras devem ser substituídas por concreto a partir de janeiro. A justificativa da prefeitura é de que o novo piso facilita a acessibilidade e tem menor custo de manutenção – cerca de 6 vezes mais barato.

De acordo com a prefeitura, o projeto será dividido em três etapas; a primeira está prevista para começar no dia 02 de janeiro e terminar no dia 25 do mesmo mês. A estimativa é que as obras custem cerca de R$30 milhões.

A mudança deve ocorrer primeiramente nas ruas Doutor Miguel Couto, São Bento, Três de Dezembro, João Brícola e a Praça Antônio Prado. São 11,5 mil metros de calçadão.

A proposta é a mesma aplicada na Avenida Paulista, onde as pedras portuguesas só foram preservadas em frente aos prédios tombados. O proposta, contudo, ainda precisa ser aprovada pelos conselhos de preservação do patrimônio municipal estadual.



Artigos relacionados

Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro

A primeira obra de arte exposta pelo Museu de Arte Moderna do Rio contém todas as outras. Seu prédio é um ícone da arquitetura racionalista. Com localização privilegiada, no Parque do Aterro do Flamengo, o museu ganhou fama internacional e se

MOSTRA LE CORBUSIER

O Museu da Casa Brasileira, instituição da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo, inaugura no dia 16 de junho, sábado, às 14h00, a exposição ‘Experimentando Le Corbusier – Interpretações contemporâneas do modernismo’. Com curadoria de Pierre Colnet e

China inaugura primeiro transporte público rápido e elétrico sem motorista

O primeiro “trem smart” do mundo sem trilhos e sem condutor inaugurou na China. O modelo é considerado um sistema ferroviário futurista e virou notícia no mundo inteiro. Uma mistura de ônibus, metrô e bonde é o que aparenta o

Sem comentários

Escreva um comentário
Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar esta postagem.

Escreva um comentário

Deixe uma resposta