Primeira edição do Arq21 debate assuntos ligados à metrópoles contemporâneas

Primeira edição do Arq21 debate assuntos ligados à metrópoles contemporâneas

Inicia nesta quarta-feira, dia 24 de fevereiro, o primeiro Arq21, projeto organizado pelo Instituto de Arquitetos do Brasil (IAB). O programa, que acontece até meados de julho de 2016, pretende discutir temas relevantes à arquitetura e às cidades tendo como tema “Metrópole Contemporânea e o papel de suas áreas centrais para o desenvolvimento.”.

Exibida ao vivo, via streaming, pelos sites do IAB, do IAB-RJ e do CAU/RJ, a primeira etapa do circuito acontecerá nos dias 24 e 25 de fevereiro, na sede do IAB do Rio de Janeiro, com o Fórum Internacional “A metrópole contemporânea. Os mundos da lusofonia”. Além da conferência, será realizado paralelamente o encontro anual do Conselho Internacional de Arquitetos de Língua Portuguesa (CIALP).

O projeto quer dar um passo à frente no futuro, já que pretende encorajar discussões e  o desenvolvimento de estudos para o 27º Congresso Mundial de Arquitetura da União Internacional dos Arquitetos, realizado pela primeira vez no Brasil em 2020.

O evento que acontece no endereço: Beco dos Pinheiros, 10, Flamengo, das 15:30 às 18:30, é gratuito e aberto ao público. Para conferir a programação completa dos dias clique aqui.

 



Artigos relacionados

Casa Sustentável: Angelo Dario

Desde 2008, o engenheiro agrônomo Angelo Dario mora e trabalha em uma ecovila. Sua casa foi construída com terra ensacada, uma técnica iraniana. A união das paredes segue técnica ancestral mexicana de encaixe que dispensa colunas. O acabamento das áreas úmidas utilizou o Tadelakt marroquino.

FAU-USP mantém acervo online da Revista Acrópole (1934-1971)

A revista agora possui todo seu acervo digitalizado, online e gratuito.

Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da USP

O prédio da FAU-USP é um exemplar único da materialização de um conceito de escola como um lugar onde todos se reúnem para aprender, ensinar e aprender a ensinar. Isso é ressaltado pelo fato da escola não ter portas, sob

Sem comentários

Escreva um comentário
Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar esta postagem.

Escreva um comentário

Deixe uma resposta