Projeto de Tocantins ganha 4º Prêmio de Arquitetura Instituto Tomie Ohtake Akzonobel

Projeto de Tocantins ganha 4º Prêmio de Arquitetura Instituto Tomie Ohtake Akzonobel

Na quinta-feira (10) foram anunciados os três vencedores da quarta edição do Prêmio de Arquitetura Instituto Tomie Ohtake Akzonobel. O projeto Moradas Infantis, de autoria dos tocantinenses Adriana Benguela, Marcelo Rosenbaum, Gustavo Utrabo e Pedro Duschenes ganhou primeiro lugar. O prêmio é uma viagem para Xangai, na China.

Em segundo lugar ficou o projeto Mirante 9 de Julho, dos arquitetos Marcos Paulo Caldeira e Mila Strauss; e em terceiro o projeto Subsolanus, realizado na Cidade do México DF, de autoria de Enk te Winkel, Anna Juni, Gustavo Delonero e Marina Canhadas.

Ao todo, foram recebidos 186 projetos, de 12 Estados brasileiros e Distrito Federal. O júri, composto pelos arquitetos Carla Juaçaba, Gustavo Penna, Nabil Bonduki e Priscyla Gomes, selecionou os 10 finalistas, que participam da exposição na sede do Instituto Tomie Ohtake, de 10 de agosto a 17 de setembro, de terça a domingo, das 11h às 20h, com entrada gratuita.

Sobre o Prêmio:
O Prêmio de Arquitetura Instituto Tomie Ohtake Akzonobel é destinado exclusivamente a arquitetos brasileiros ou estrangeiros que vivem no Brasil há pelo menos dois anos, com até 45 anos de idade, e projetos construídos durante os últimos dez anos.



Artigos relacionados

Código de Ética e Disciplina do CAU/BR – 5.2.3

A diretriz 5.2.2 do Código de Ética e Disciplina do CAU/BR estabelece que o arquiteto só pode solicitar honorários quando oferecer serviços profissionais.

Le Corbusier

Charles Edouard Jeanneret-Gris foi um arquiteto e pintor franco-suiço que se tornou uma das figuras mais importantes da arquitetura no século XX. Influenciou toda uma geração de arquitetos brasileiros.

Affonso Eduardo Reidy

Affonso Eduardo Reidy nasceu em Paris, em 1909, mas fez sua carreira no Rio de Janeiro, onde faleceu, em 1964. Antes mesmo de formar-se na Escola Nacional de Belas Artes (Enba), em 1930, foi estagiário do urbanista francês Donat Alfred

Sem comentários

Escreva um comentário
Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar esta postagem.

Escreva um comentário

Deixe uma resposta