Ribeirão Preto faz convênio para restaurar museus em risco

Ribeirão Preto faz convênio para restaurar museus em risco

A Prefeitura de Ribeirão Preto assinou convênio com o Centro Universitário Moura Lacerda para um projeto de intervenção e recuperação do Museu Histórico e do Museu do Café, situados no câmpus local da Universidade de São Paulo (USP). Os museus estavam fechados desde 2016, por conta do alto risco de incêndio.

Alunos dos cursos de Engenharia Civil, Arquitetura e Urbanismo foram convidados para elaborar um plano para a restauração dos espaços. Eles têm um prazo inicial de 12 meses para levantar as condições dos museus. O prazo pode ser prorrogado para até 60 meses.

O alerta para a situação dos edifícios foi dado no dia 3 de setembro, um dia após o incêndio que destruiu o Museu Nacional, no Rio de Janeiro. Um análise apontou alto nível de deterioração do conjunto, com ameaça real de perda desse patrimônio.

Segundo o governo municipal, às obras devem ser custeadas por meio de recursos da Lei Rouanet de incentivo à cultura. O valor estimado é de R$ 6,6 milhões. Também devem ser obtidos repasses do Ministério do Turismo.

Foto: Ministério Público

Via Estadão

 



Artigos relacionados

Inaugurado o primeiro edifício brasileiro assinado por Norman Foster

São 21 andares e uma vista de arrepiar. De um lado a Baía de Guanabara, de outro o morro da Providência, o relógio da Central do Brasil, o Pão de Açúcar e o Corcovado. O Aqwa Corporate, projetado pelo arquiteto

O papel do CAU

O Conselho de Arquitetura e Urbanismo, CAU/BR, lança série de vídeos mostrando qual a missão e a função dos Conselhos de Arquitetura e Urbanismo. Em um dos episódio, eles mostram como foi a luta dos arquitetos e urbanistas pela criação

Lina Bo Bardi e Tarsila do Amaral no MASP em 2019

O tema “Histórias das mulheres, histórias feministas” será pauta do programa de exposições do Museu de Arte de São Paulo Assis Chateaubriand em 2019. Já estão confirmadas seis monográficas de artistas mulheres – Djanira da Motta e Silva, Tarsila do

Sem comentários

Escreva um comentário
Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar esta postagem.

Escreva um comentário

Deixe uma resposta