Tag "Conpresp"

Ir ao início

Vila Itororó Canteiro Aberto

Localizada entre os bairros da Liberdade e da Bela Vista, na região central de São Paulo, a Vila Itororó reside; resiste. Idealizada por Francisco de Castro, ela possui mais de dez edificações construídas ao longo do século XX para fins

Leia mais

Capela Santa Luzia

Suspensa a 31 metros do chão, a capela Santa Luzia, obra tombada como patrimônio cultural de São Paulo, tem quase cem anos de funcionamento. Sua suspensão se dá por meio de oito pilares, quatro de cada lado da estrutura.  

Leia mais

Conpresp aprova tombamento do Complexo do Carandiru e de prédios, piscinas e estádio da USP

Conselho Municipal de Preservação do Patrimônio Histórico, Cultural e Ambiental da Cidade de São Paulo (Conpresp) aprovou o tombamento do Complexo do Carandiru, na Zona Norte, e de um conjunto de imóveis da Universidade de São Paulo, na Zona Oeste.

Leia mais

Anunciados os vencedores do concurso de restauração do Museu Paulista

A Universidade de São Paulo anunciou no dia 18 de dezembro, os  vencedores do Concurso Nacional de Arquitetura para o Restauro e Modernização do Edifício – Monumento do Museu Paulista, no Ipiranga. Anunciado no início de setembro de 2017, o

Leia mais

InfoPatrimônio: uma plataforma que reúne o patrimônio cultural brasileiro

Reunir, em um só lugar, todo o patrimônio cultural brasileiro tombado ou registrado nas quatro instâncias – internacional, federal, estadual e municipal – é a principal meta do InfoPatrimônio, uma ação pioneira com o uso de georreferenciamento. A plataforma existe

Leia mais

São Paulo: patrimônio cultural em risco

Após o Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Artístico e Turístico do Estado de São Paulo (CONDEPHAAT) ter voltado atrás na decisão que impedia a construção de duas torres no terreno adjacente ao Teatro Oficina – colocando em risco

Leia mais

Reformas no Pacaembu serão entregues à iniciativa privada

Patrimônio histórico tombado há mais de 20 anos, o Pacaembu deverá ser entregue à iniciativa privada no ano que vem. A empresa que se tornar responsável pelo estádio, durante os próximos 35 anos, deverá, contudo, seguir uma série de procedimentos

Leia mais