22 de Setembro: Dia Mundial Sem Carro

O Dia Mundial Sem Carro é uma iniciativa criada para, além de melhorar o trânsito nas cidades, conscientizar a população quanto ao uso excessivo do automóvel particular. A dependência se torna cada vez maior.

Prático, cômodo e eficiente – adjetivos que encantam os então, motoristas. Uma das justificativas para o aumento da quantidade de automóveis nas ruas é a falta de uma estrutura que suporte os demais meios de locomoção. Uma das propostas, que ainda enfrenta desafios para se consolidar como alternativa nos centros urbanos do Brasil é a bicicleta.

No Brasil são mais de 2,5 mil quilômetros de vias cicloviárias. A cidade de São Paulo, por exemplo, possui cerca de 468 km de ciclovias e ciclofaixas: Rede Cicloviário Centro; Ciclovia R. Silva Pinto; Ciclovia Perdizes e Santa Cecília/ Higienópolis; Ciclovia Pacaembu; Ciclovia na Avenida Antônio Estêvão de Carvalho; Ciclovia Luz/ Bom Retiro; Ciclovia Liberdade/ Vergueiro; e a Ciclovia da Avenida Paulista.

Ainda em crescimento, movimentos como o Dia Mundial Sem Carro são ações pontuais e importantes para celebrar e dar visibilidade à causa.


Artigos relacionados

Novo site reúne obras de mulheres pioneiras na arquitetura

A Beverly Willis Architecture Foundation lançou um novo site chamado “Pioneering Women of American Architecture“. O site procura promover e documentar mulheres importantes para a história da arquitetura, sendo o resultado de numerosas entrevistas, pesquisas e documentação fotográfica. Desde 2012,

Exposição permite que visitante “coma” Brasília

Uma Brasília mais “doce” poderá ser devorada neste sábado, a partir das 11 horas da manhã.

Dois projetos brasileiros são finalistas do 2018 Mies Crown Hall Americas Prize

O diretor Dirk Denison e o presidente do júri do MCHAP de 2018, Ricky Burdett, anunciaram os seis finalistas da edição de 2018 do Mies Crown Hall America Prize. Selecionados de uma lista de 31 projetos, esses projetos concorrerão ao

Sem comentários

Escreva um comentário
Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar esta postagem.

Escreva um comentário

Deixe uma resposta