Aberta inscrições para o Prêmio Rodrigo Melo Franco de Andrade

Aberta inscrições para o Prêmio Rodrigo Melo Franco de Andrade

O Prêmio Rodrigo Melo Franco de Andrade, promovido pelo Iphan desde 1987, chega a sua  33ª edição. A inscrição é aberta a todos os brasileiros que atuam na gestão, preservação, valorização e promoção do Patrimônio Cultural do país. 

O edital, disponível no site do Iphan e publicado no Diário Oficial da União (DOU) traz novos segmentos na premiação, visando a atender a uma maior gama de ações que já acontecem em todo o território nacional.

Serão selecionadas 12 ações no campo do Patrimônio Cultural Brasileiro. Cada premiado receberá o valor de R$20 mil. Para participar, os proponentes deverão acessar o formulário de inscrição, disponível no site do Iphan, até o dia 18 de maio. As ações serão pré-selecionadas pelas Comissões Estaduais, compostas por representantes das diferentes áreas culturais de cada Estado, presidida pelo superintendente. As ações vencedoras na etapa estadual serão analisadas pela Comissão Nacional de Avaliação, formada pela presidência do Iphan e por 21 jurados que atuam nas áreas de preservação ou salvaguarda do Patrimônio Cultural. O resultado final do concurso deverá ser divulgado até o dia 30 de agosto de 2020, no site do Iphan.

 

Nesta edição, o Prêmio Rodrigo traz duas grandes categorias:

Categoria 1 – Iniciativas de excelência no campo do Patrimônio Cultural Material

Categoria 2 – Iniciativas de excelência no campo do Patrimônio Cultural Imaterial

 

Para saber mais, acesse o portal do Iphan.



Artigos relacionados

Cem anos de Bauhaus

A Escola de Bauhaus foi criada a partir da migração de artistas e ideias, se desenvolveu em constante interação com vários grupos de arquitetos, planejadores urbanos, cientistas e designers. Henry van de Velde teve um papel significante na trajetória de

Prédio tombado da IAB/SP recebe prêmio internacional

O prédio sede da IAB/SP recebeu a medalha de prata no “Domus International Award for Restoration and Preservation”

Aterro do Flamengo

O chamado Aterro do Flamengo, que ocupa a orla da baía de Guanabara – entre o Aeroporto Santos Dumont e a enseada de Botafogo datam da década de 1950 (o parque foi projetado entre 1954 a 1959), mas suas obras só começaram em 1961, no governo de Carlos Lacerda.

Sem comentários

Escreva um comentário
Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar esta postagem.

Escreva um comentário

Deixe uma resposta