Almir de Oliveira: Habitação Indígena

Almir de Oliveira: Habitação Indígena

O arquiteto Almir de Oliveira desfaz o conceito de que todas as casas indígenas são iguais, explica as simbologias que elas assumem para cada etnia dentro de sua cosmologia, como elas chegaram a ser destruídas com a evangelização e o trabalho de Theodor Koch-Grünberg, que possibilitou a reconstrução das antigas construções.

O arquiteto Almir de Oliveira fala sobre o caso específico da habitação dos Waimiri-Atroari. Descreve sua organização espacial, seus materiais construtivos e seu funcionamento dentro da sociedade Waimiri-Atroari, com toda a simbologia que a casa assume dentro desta cultura.



Artigos relacionados

Alvaro Puntoni e a Arquitetura do Vazio

Alvaro Puntoni, arquiteto pela FAU-USP, nasceu em São Paulo, em 1965. Leciona na mesma instituição onde se formou, na Escola da Cidade e na FAU-Mackenzie, além de sócio do escritório GrupoSP. Projetou a nova sede do SEBRAE em Brasília e o Anexo do

Os incríveis anos 50, por Sérgio Parada

Sérgio Parada fala sobre as funções da arquitetura, meio ambiente e humanismo.

A escala do homem, por Alberto Botti

O arquiteto Alberto Botti, do escritório Botti e Rubin, acha que exemplos como Dubai e sua arquitetura monumental  desprezam a escala do homem. Botti reconhece que uma catedral gótica pode ser monumental, mas teme que a modernidade esteja apequenando os

Sem comentários

Escreva um comentário
Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar esta postagem.

Escreva um comentário

Deixe uma resposta