Almir de Oliveira: Habitação Indígena

Almir de Oliveira: Habitação Indígena

O arquiteto Almir de Oliveira desfaz o conceito de que todas as casas indígenas são iguais, explica as simbologias que elas assumem para cada etnia dentro de sua cosmologia, como elas chegaram a ser destruídas com a evangelização e o trabalho de Theodor Koch-Grünberg, que possibilitou a reconstrução das antigas construções.

O arquiteto Almir de Oliveira fala sobre o caso específico da habitação dos Waimiri-Atroari. Descreve sua organização espacial, seus materiais construtivos e seu funcionamento dentro da sociedade Waimiri-Atroari, com toda a simbologia que a casa assume dentro desta cultura.



Artigos relacionados

Verticalização e arquitetura, por Marco Antonio Borsoi

Marco Antonio Borsoi, ex-presidente do IAB – PE e arquiteto atuante na cidade do Recife explica o que o arquiteto pode aprender com o usuário das obras em entrevista feita por Paulo Markun, para o portal Arquitetura e Urbanismo Para

Em São Paulo, parques naturais municipais estão abandonados desde maio

Não há quem vigie os parques naturais municipais de São Paulo desde maio deste ano. A empresa responsável, a Atlântico Sul Vigilância e Segurança EIRELI, abriu falência em abril. Em maio seus funcionários abandonaram os postos na capital e desde então as unidades de conservação da cidade estão sem vigilância.

A evolução de São Paulo, por Décio Tozzi

Para o portal Arquitetura e Urbanismo Para Todos do CAU/BR, Paulo Markun entrevistou o arquiteto Decio Tozzi. Temas: 00:00 Exemplo de boa arquitetura: Garagem de Barcos 01:46 O que a cidade ganha com a arquitetura 02:39 São Paulo: evolução urbana,

Sem comentários

Escreva um comentário
Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar esta postagem.

Escreva um comentário

Deixe uma resposta