Anunciados os vencedores da Bienal de Veneza de 2018

Anunciados os vencedores da Bienal de Veneza de 2018

As curadoras da Bienal de Veneza de 2018, Yvonne Farrell, e Shelley McNamara, da Grafton Architects, anunciaram as contribuições vencedoras para a 16ª Exposição Internacional de Arquitetura.  Entre os destaques está o português Eduardo Souto de Moura. O arquiteto venceu o Leão de Ouro como Melhor Participante da Exposição Internacional pelo complexo turístico de São Lourenço do Barrocal, a recuperação de um monte alentejano e a sua adaptação a hotel.

O Leão de Ouro dos pavilhões nacionais foi concedido à Suíça. A Grã-Bretanha levou uma menção honrosa por “Island”. O Leão de Prata ficou com Jan de Vylder, Inge Vinck e Jo Taillieu. Uma Menção Especial foi entregue aa Rahul Mehrotra, elogiado “por três projetos que abordam questões de intimidade e empatia, suavemente difundindo fronteiras sociais e hierarquias”. E outra Menção Especial foi para Andra Matin.

A 16.ª Exposição Internacional de Arquitetura da Bienal de Veneza abriu este sábado (26 de maio) ao público, na cidade italiana, com a participação de Portugal através da exposição “Public Without Rethoric”, e estará aberta a público até ao dia 25 de novembro.

 

Via Archdaily

 



Artigos relacionados

Arquitetos brasileiros ganham menção honrosa em concurso internacional, em Nova York

Nova Iorque pode ser definida como a cidade símbolo do progresso profissional, dos sonhos, das ambições e inovações. Apesar disso, a cidade que é o oposto da monotonia, ainda lida com a existência de espaços de trabalho repetitivos e maçantes

Prefeitura decide pelo desativamento do Minhocão

O prefeito Bruno Covas (PSDB) decidiu que o elevado João Goulart, o Minhocão, que liga o centro à zona oeste de São Paulo, será desativado e vai ser transformado em um parque. As obras para adaptação das quatro faixas elevadas,

Obras de Niemeyer e Eero Saarinen recebem fundo internacional da Getty Foundation para preservação

Como parte de sua iniciativa Keeping It Modern, a Getty Foundation anunciou o investimento de US$ 1,7 milhão em um fundo de conservação que será repassado a onze edifícios icônicos do século XX. Incluindo projetos de abrangência local e internacional,

Sem comentários

Escreva um comentário
Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar esta postagem.

Escreva um comentário

Deixe uma resposta