Aos 85 anos, morre o arquiteto Benedito Lima de Toledo, historiador de São Paulo

Aos 85 anos, morre o arquiteto Benedito Lima de Toledo, historiador de São Paulo

O arquiteto e urbanista Benedito Lima de Toledo foi um dos mais importantes historiadores da evolução urbana da capital paulista. O autor do clássico “São Paulo: três cidades em um século”, casado com a bibliotecária Suzana Aléssio Toledo, acabara de completar 85 anos no dia 22 de julho. O falecimento se deu na madrugada de 31 de julho. Estava internado no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo. O velório e sepultamento ocorreram no cemitério Gethsemani.

 

Formado pela FAU/USP em 1961, foi professor titular de História da Arquitetura da graduação e pós-graduação da faculdade, para a qual deixa como herança  um acervo com cerca de 40 mil fotos, 25 mil slides e 6.500 livros. “O ideal de um professor é difundir o conhecimento. Quero que esse material fique disponível para os pesquisadores das gerações futuras, porque assim continuarei contribuindo para difundir o conhecimento”, afirmou ele ao jornal “O Estado de S.Paulo” em 2011. Ocupava a cadeira 39 da Academia Paulista de Letras.

Benedito Lima de Toledo foi bolsista da Fundação Calouste Gulbenkian, em Lisboa (1968). Obteve especialização em Restauro e Conservação de Monumentos Arquitetônicos na FAU/USP (1974) e na École Nationale des Ponts et Chaussées, em Paris (1983), com patrocínio da UNESCO.

 

Fonte: CAU/BR



Artigos relacionados

Exportação da Arquitetura é tema de reunião entre CAU/BR, CAU/SP e Itamaraty

Arquitetos e urbanistas brasileiros vêm se destacando cada vez mais no cenário internacional. Com o objetivo de transformar esse reconhecimento em uma maior participação do país no mercado exterior, CAU/BR e CAU/SP promoveram uma reunião com o Ministério das Relações

Seminário Internacional debate a valorização das mulheres arquitetas e urbanistas

Nos dias 09 e 10 de março, o CAU/SP realizará o Seminário Internacional: O Perfil e a Valorização das Mulheres na Arquitetura, na Faculdade de Arquitetura e Urbanismo (FAU) do Mackenzie, em São Paulo. O evento é promovido pela Comissão

Obras de Oscar Niemeyer são tombadas como Patrimônio Cultural

No dia 7 de junho, o Ministério da Cultura decretou o tombamento de 27 obras projetadas pelo arquiteto. Entre elas está o Palácio da Alvorada, o Palácio do Planalto, o Congresso Nacional, o Museu da Arte Contemporânea em Niterói e

Sem comentários

Escreva um comentário
Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar esta postagem.

Escreva um comentário

Deixe uma resposta