Avenida Paulista é considerada pólo cultural em são Paulo

Ao longos dos 126 anos de existência foram construídas casas, escritórios, lojas, parques, restaurantes, estações de metrô, ciclovias, centros de serviço e comércio, etc. Hoje, a Avenida Paulista, localizada no centro da capital paulista, atingiu a categoria de polo cultural.

Algumas atrações instaladas na avenida mais cosmopolita de São Paulo, precisam ser enaltecidas. Entre elas está o MASP (Museu de Arte de São Paulo); o Conjunto Nacional; a Reserva Cultural; e a  Casa das Rosas. Muitas ainda estão a surgir.

Em maio, a Japan House abriu as portas no número 52 da Av. Paulista.Em agosto, o Instituto Moreira Salles inaugura sua sede paulistana no número 2.424, e, no primeiro semestre do ano que vem, o Sesc Paulista volta para o número 119 da Avenida.



Artigos relacionados

Exposição celebra 70 anos de FAU-USP

A exposição, com o tema “FAU 70 anos” é uma comemoração às sete décadas da fundação da Faculdade de Arquiteturas e Urbanismo da Universidade de São Paulo, que aconteceu em 1948. A história da faculdade e sua evolução serão contadas

Iphan autoriza construção de Silvio Santos nos arredores do Teatro Oficina

O Teatro Oficina, projetado por Lina Bo Bardi e Edson Elito, corre o risco de ter seu entorno alterado devido a aprovação da construção de duas torres residenciais de cem metros de altura, que serão instaladas no terreno ao lado

Oscar Niemeyer ganha exposição no Instituto Tomie Ohtake

Depois de passar por Rio de Janeiro e Brasília, a exposição “Oscar Niemeyer (1907-2012) – Territórios da Criação”, em comemoração aos 110 anos de nascimento do arquiteto, chega em 2 de abril no Instituto Tomie Ohtake, em São Paulo. A

Sem comentários

Escreva um comentário
Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar esta postagem.

Escreva um comentário

Deixe uma resposta