Carlos Bratke, um não-alinhado

Carlos Bratke, um não-alinhado

Nascido em uma família de arquitetos, Carlos Bratke (1942) é autor de centenas de projetos, muitos deles premiados em razão do experimentalismo formal e técnico.
Formado em 1967 pela Universidade Mackenzie, integrou a primeira geração de arquitetos paulistas a contestar os dogmas da arquitetura moderna – o grupo acabou rotulado como os “não-alinhados” e inclui Tito Lívio Frascino, Vasco de Mello, Roberto Loeb, Pitanga do Amparo, Eduardo Longo e Artur Navarrete.
Carlos Bratke presidiu a Fundação Bienal (entre 1999 e 2002) e o Instituto de Arquitetos do Brasil/Departamento de São Paulo (gestão 1992/1993).

 


Artigos relacionados

Para que serve um Plano Diretor?

O Plano Diretor é um documento regulamentador do planejamento e ordenamento do território de um dado município. Neste documento está definida a organização municipal do território, onde se estabelece a referenciação espacial dos usos e actividades do solo municipal através

Nova lei de licitações, piorando o que já é péssimo por Raquel Rolnik

Raquel Rolnik fala sobre as desvantagens da nova lei de licitações para o planejamento urbano.

João Batista Vilanova Artigas

Vilanova Artigas foi um expoente da chamada Escola Paulista de arquitetura moderna. Ele lecionou e reformulou o curso de arquitetura da da FAU – Faculdade de Arquitetura e Urbanismo, prédio que ele mesmo projetou, transformando a própria estrutura do espaço acadêmico em uma aula de arquitetura.

Sem comentários

Escreva um comentário
Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar esta postagem.

Escreva um comentário

Deixe uma resposta