Empresa alemã é a primeira a desenvolver elevador sem cabos

A empresa ThyssenKrupp conseguiu desenvolver uma tecnologia que permite a mobilidade do elevador Multi  na horizontal e na vertical, sem a necessidade de cabos. O projeto foi inspirado nas invenções de “Willy Wonka”, do filme A Fantástica Fábrica de Chocolate.

O projeto é baseado na condução por meio do magnetismo, de modo que faz o elevador ‘flutuar’ ao longo da estrutura do prédio. Para testar, a empresa construiu uma torre de observação com mais de 240 metro de altura, na cidade de Rottweil, no centro de pesquisa e desenvolvimento da empresa na Alemanha.

Outra novidade é o desenvolvimento de duas cabines em movimento, ao invés de uma. Desse modo, a empresa garante a rapidez do serviço, otimizando o tempo dos clientes, além de reduzir a quantidade de energia gasta no processo.



Artigos relacionados

CAU/SP assina Termo de Cooperação Técnica com Secretaria de Cultura de São Paulo

A preservação e valorização do patrimônio cultural de São Paulo, a melhoria da administração e fiscalização dos bens tombados, e a qualificação e capacitação dos arquitetos e urbanistas são os eixos centrais do Termo de Cooperação assinado em dezembro entre

Morre Clóvis Ilgenfritz, pioneiro da arquitetura social, morre aos 80 anos

CAU/BR solta nota a respeito da morte do arquiteto Clóvis Ilgenfritz da Silva. Confira:   É com pesar que o Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Brasil noticia o falecimento às 23h50 do sábado, dia 23, em Porto Alegre, do 

Athos Bulcão: arte e arquitetura

O artista é conhecido por criar o imaginário visual de Brasília   Athos nasceu no Catete, Rio de Janeiro, em 2 de julho de 1918 e passou sua infância em Teresópolis. Foi amigo de alguns dos mais importantes artistas brasileiros

Sem comentários

Escreva um comentário
Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar esta postagem.

Escreva um comentário

Deixe uma resposta