Exposição permite que visitante “coma” Brasília

Exposição permite que visitante “coma” Brasília

A exposição Ciclo – Criar Com o Que Temo comemora os 100 anos dos primeiros ready-made de Marcel Duchamp, artista que inovou ao promover o deslocamento de objetos comuns para o cenário de exposições de arte. A mostra acontece no Centro Cultural Banco do Brasil DF, em Brasília, com 15 artistas expositores.

Umas das peças que mais chama atenção é a “cidade comestível” do artista plástico Sung Dong. Nela é possível ao visitante comer a cidade de Brasília, construída com doces, biscoitos e várias outras guloseimas. A sessão de comilança será aberta neste sábado, às 11 horas da manhã.

Qual parte da arquitetura você vai querer?


Artigos relacionados

Elizabeth Diller entre as 100 pessoas mais influentes do mundo segundo a revista TIME

A arquiteta Elizabeth Diller, do escritório Diller Scofidio + Renfro, foi novamente nomeada uma das pessoas mais influentes do mundo pela TIME em 2018. A lista anual da TIME Magazine, chamada de “Time 100”, reconhece a conquista dos artistas, líderes,

Pietro Montani: cada projeto é único

Arquiteto e urbanista de Manaus, Pietro Montani diz que cada projeto é único. E menciona o Ariaú Tower como exemplo de boa arquitetura amazônica.

Seminário Nacional de Arquitetura e Urbanismo

Estão abertas as inscrições para o “Seminário Nacional de Arquitetura e Urbanismo  – Um Olhar para o Futuro da Profissão”, que será promovido pelo CAU/PE nos dias 21 e 22 de março, no Recife. O evento é  voltado a profissionais

Sem comentários

Escreva um comentário
Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar esta postagem.

Escreva um comentário

Deixe uma resposta