Exposição permite que visitante “coma” Brasília

Exposição permite que visitante “coma” Brasília

A exposição Ciclo – Criar Com o Que Temo comemora os 100 anos dos primeiros ready-made de Marcel Duchamp, artista que inovou ao promover o deslocamento de objetos comuns para o cenário de exposições de arte. A mostra acontece no Centro Cultural Banco do Brasil DF, em Brasília, com 15 artistas expositores.

Umas das peças que mais chama atenção é a “cidade comestível” do artista plástico Sung Dong. Nela é possível ao visitante comer a cidade de Brasília, construída com doces, biscoitos e várias outras guloseimas. A sessão de comilança será aberta neste sábado, às 11 horas da manhã.

Qual parte da arquitetura você vai querer?


Artigos relacionados

São Paulo, Rio e Brasília possuem as maiores áreas urbanas do país, segundo IBGE

O CAU/BR analisou a publicação do IBGE – Áreas Urbanizadas do Brasil 2015 – que fornece um panorama do processo de urbanização do país. Confira:   O Governo Federal lançou em junho a publicação Áreas Urbanizadas do Brasil 2015, produzida pelo

Prefeitura de São Paulo receberá a posse do terreno do Parque Augusta

Em agosto de 2018 a Prefeitura de São Paulo firmou os termos de negociação que preveem a transferência do terreno por doação ao município. Em troca, ficou estabelecido que as empresas poderiam construir em outra área aquilo que chegou a

Coronavírus: IAB, FNA e IBDU pedem suspensão de mandados de remoções e despejos

Diante do quadro de avanço do Covid-19,  o Instituto de Arquitetos do Brasil (IAB/DN), a Federação Nacional dos Arquitetos e Urbanistas (FNA)  e o Instituto Brasileiro de Direito Urbanistico (IBDU) lançaram manifesto  pela “a suspensão por tempo indeterminado do cumprimento

Sem comentários

Escreva um comentário
Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar esta postagem.

Escreva um comentário

Deixe uma resposta