Museu Ao Ar Livre Princesa Isabel é tombado pelo Iphan

Museu Ao Ar Livre Princesa Isabel é tombado pelo Iphan

Na quarta-feira, 12, o Conselho Nacional do Patrimônio Cultura do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) julgou, por fim, a proposta catarinense de tombamento da instituição – processo iniciado em 1987. O Museu Ao Ar Livre Princesa Isabel, localizado em Orleans, passa a ser reconhecido, por unanimidade, como patrimônio cultural brasileiro.

O espaço, de 20 mil metros quadrados e pertencente à Fundação Educacional Barriga Verde, recria a memória dos processos de imigração e colonização da região sudeste do estado e preserva as técnicas e métodos de trabalho dos colonos chegados entre os séculos XIX e XX. O acervo ainda é representante da fase pré-industrial do país, momento de forte coexistência do maquinário e artesanato e, por isso, reflete parte da cultura da indústria do Brasil.

 

Imagem: Acervo Museu Ao Ar Livre Princesa Isabel

 

“O nosso museu merece muito esse reconhecimento. Esse espaço cultural riquíssimo agora ganha visibilidade nacional e abre diversas oportunidades, potencializa e dissemina a história e a memória dos imigrantes”, declara a diretora do museu, Valdirene Böger Dorigon.

 

Conheça mais sobre o museu no site oficial



Artigos relacionados

Museu do Ipiranga: obras de restauração começam em setembro

O governador de São Paulo, João Doria, anunciou no dia 17 de maio, durante coletiva de imprensa realizada no Palácio dos Bandeirantes, que as obras serão iniciadas em setembro deste ano. “Hoje celebramos o maior volume de incentivo já feito

Seminário reúne coordenadores de curso para debater ensino e formação

  No dia 21 de novembro de 2019, o CAU/SP vai reunir coordenadores de cursos de Arquitetura e Urbanismo e demais interessados nos temas de ensino e formação para um dia inteiro de debates sobre diretrizes curriculares, Acreditação dos cursos,

6º Prêmio de Arquitetura Instituto Tomie Ohtake AkzoNobel.

Estão abertas as inscrições para o 6º Prêmio de Arquitetura Instituto Tomie Ohtake AkzoNobel. A iniciativa continua a mapear a produção arquitetônica contemporânea, ao destacar, pelo sexto ano consecutivo, projetos significativos construídos no panorama atual brasileiro que levem em conta

Sem comentários

Escreva um comentário
Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar esta postagem.

Escreva um comentário

Deixe uma resposta