Museu Nacional: obras de restauração devem começar ainda neste ano

Museu Nacional: obras de restauração devem começar ainda neste ano

Durante assinatura de protocolo de intenção de cooperação técnico-científica com o Instituto Brasileiro de Museus (Ibram), realizada na última terça-feira (14), o diretor do Museu Nacional, Alexandre Kellner, informou que as obras de restauração do patrimônio serão iniciadas ainda este ano. De acordo com ele, serão elaborados o projeto executivo da reconstrução das fachadas e o do telhado, com dotação de R$ 1 milhão.

 

(Créditos: divulgação/ Agência Brasil)

 

“A UFRJ já fez a licitação, a empresa já foi contratada e nós temos uma emenda parlamentar impositiva, através da bancada federal do Rio de Janeiro, de R$ 55 milhões. Temos o dinheiro, tem o projeto, é só começar o trabalho”, disse Kellner. Ainda segundo o direto, devido à complexidade dos trabalhos, o patrimônio só poderá ser reaberto, parcialmente, ao público dentro de cinco anos.

Também presente no evento, Paulo Amaral, presidente do Ibram, informou que a completa restauração do espaço irá demandar centenas de milhões de reais e que, atualmente, as verbas federais estão escassas. “O Ministério da Cidadania [que engloba a Secretaria da Cultura], e o governo como um todo, tem dificuldades financeiras. E uma obra como essa é de muitos milhões”, disse.

Amaral também informou que o novo conceito do Museu Nacional será divulgado, provavelmente, em abril de 2020, quando será definida a formatação final do espaço, que reunirá partes dedicadas ao acervo histórico e a obras e equipamentos contemporâneos.

 

Acervo do Museu

O museu também necessita de verbas para a compra de dez contêineres que serão utilizados no armazenamento de parte do acervo que não foi destruído no incêndio, ocorrido 2 de setembro do ano passado. Para isso, o diretor da instituição fez um apelo a empresas e indivíduos interessados em auxiliar com doações.

 

As contribuições podem ser feitas por meio da associação Amigos do Museu Nacional.

 

 

Texto: AECweb

 


Artigos relacionados

Projeto de Zaha Hadid no Rio de Janeiro é abandonado

O “Residencial Casa Atlântica”, primeiro projeto de Zaha Hadid na América do Sul que seria construído em Copacabana, foi cancelado devido à “demora da prefeitura para liberar a licença de obras e o consequente atraso do lançamento e da inauguração

Sesc 24 de Maio é premiado no ArchDaily Building Of The Year 2019

O “Sesc 24 de Maio”, projetado por Paulo Mendes da Rocha em parceria com o escritório MMBB Arquitetos, foi um dos 15 vencedores do prêmio ArchDaily Building Of The Year 2019. A premiação é organizada pelo ArchDaily, o maior portal

Código de Ética e Disciplina do CAU/BR – 5.2.2

A diretriz 5.2.2 do Código de Ética e Disciplina do CAU/BR proíbe o arquiteto de praticar a chamada reserva técnica.

Sem comentários

Escreva um comentário
Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar esta postagem.

Escreva um comentário

Deixe uma resposta