Novo diretor do Museu da Cidade quer unificar projetos de memória

Novo diretor do Museu da Cidade quer unificar projetos de memória

Em entrevista à Folha de S.Paulo, Marcos Cartum confirmou ter aceitado o convite de Alê Youssef, atual secretário de Cultura, para assumir a diretoria do Museu, que é um dos principais órgãos da Secretaria Municipal de Cultura, responsável pela administração de uma rede de casas históricas construídas entre os séculos XVII e XX.

O plano do novo diretor é dar mais unidade curatorial aos equipamentos culturais que o Museu da Cidade reúne, entre eles a Oca e o Pavilhão das Culturas, o Beco do Pinto, a Casa Bandeirante, a Casa Sertanista e Solar da Marquesa de Santos. A ideia é priorizar projetos dedicados à memória da cidade de São Paulo.

 

Marcos Cartum

Formado arquiteto e urbanista pela FAU, da Universidade de São Paulo, em 2005, Cartum foi convidado pelo secretário municipal da Cultura na época, Carlos Augusto Calil, a pensar – junto com o escritório Brasil Arquitetura – um anexo ao Teatro Municipal. Surgia ali um projeto batizado de Praça das Artes, no centro de São Paulo.

Ele também trabalhou no Plano Diretor do Parque Ibirapuera e colaborou na construção do Auditório projetado por Oscar Niemeyer. Tem ainda no currículo o projeto de restauro do Planetário e da Escola de Astro Física e participação do projeto de instalação do Museu Afro Brasil.

Fonte: Folha de S.Paulo; Catraca Livre.



Artigos relacionados

Mulheres na Arquitetura e Urbanismo: CAU/BR cria Comissão de Equidade de Gênero

Conselheiros do CAU/BR aprovaram a criação de uma Comissão Temporária de Equidade de Gênero no conselho, com o objetivo de cumprir a missão de promover Arquitetura e Urbanismo para todos – sem distinção de gênero. A principal finalidade da comissão

Projeto de Bruno Covas pretende anistiar cerca de 150 mil imóveis irregulares na capital

O prefeito Bruno Covas enviou na segunda-feira (18) à Câmara Municipal de São Paulo proposta de Projeto de Lei para uma nova Lei de Anistia, que permitirá a regularização de imóveis na cidade de São Paulo concluídos antes da promulgação

Obras de Oscar Niemeyer são tombadas como Patrimônio Cultural

No dia 7 de junho, o Ministério da Cultura decretou o tombamento de 27 obras projetadas pelo arquiteto. Entre elas está o Palácio da Alvorada, o Palácio do Planalto, o Congresso Nacional, o Museu da Arte Contemporânea em Niterói e

Sem comentários

Escreva um comentário
Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar esta postagem.

Escreva um comentário

Deixe uma resposta