Paisagismo

Paisagismo

O paisagismo ou a arquitetura da paisagem abrange as características geográficas, hidrográficas, bióticas e humanas na busca de um equilíbrio estético entre os vários componentes da paisagem urbana – vegetação, área construída, espaços livres para circulação. Idealmente, deve ser minimamente agressivo à natureza, mas dela tira proveito ao aliar a beleza vegetal com os espaços edificados.

O arquiteto paisagista deve ir além de projetar belos jardins e paisagens para realizar um estudo ambiental e social que alie o prazer estético aos usos e funções imaginados para uma edificação, em busca da harmonia entre os vários  elementos. O trabalho do paisagista é unir a natureza ao meio urbano, procurando harmonizar esta convivência.

Burle Marx foi um grande paisagista. Ele projetou os jardins do Conjunto Habitacional Pedregulho, o terraço do Palácio Gustavo Capanema, o eixo monumental de Brasília, a área verde do Aterro do Flamengo e tantos outros. Outro nome de destaque nessa área é o de Rosa Grena Kliass, que projetou a área verde e esportiva do Parque da Juventude.



Artigos relacionados

Rosa Kliass e a síndrome de Deus

Rosa Kliass paisagista, de 82 anos, nasceu em São Roque e formou-se arquiteta na FAU-USP. Ela é fundadora e ex-presidente da APAB (Associação Brasileira de Arquiteos Paisagistas) fez o projeto paisagístico do Parque da Juventude e a reforma do Vale

Varanda

A varanda é um espaço externo protegido com uma cobertura de telha ou laje. Pode ser coberta, ou parcialmente coberta. Em climas tropicais, é bastante comum a existência de varandas nas residências, por vezes até em todo o perímetro da

Burle Marx

Roberto Burle Marx, um expoente do paisagismo no Brasil, estudou pintura em Berlim, na Alemanha, no final dos anos 1920. Ele introduz o uso de plantas nativas para composição dos jardins e cria os primeiros projetos de terraços com uma aura especificamente brasileira.

Sem comentários

Escreva um comentário
Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar esta postagem.

Escreva um comentário

Deixe uma resposta