O pórtico na praça do Patriarca

O pórtico na praça do Patriarca

No centro de uma das praças mais antigas de São Paulo – a do Patriarca, que começou a ser construída em 1912 e cujo nome relembra  José Bonifácio de Andrada e Silva, uma iniciativa da Associação Viva o Centro levou à implantação de um pórtico desenhado pelo arquiteto Paulo Mendes da Rocha. A cobertura é um átrio metálico com 40 metros de vão, marcando os limites entre o centro velho e o novo, de dentro para fora da galeria Prestes Maia.

O pórtico marcou a reurbanização da praça, que fora ocupada pelo trânsito e havia se transformado num terminal de ônibus. Um lugar onde as pessoas já não paravam mais e que ganhou novas funções, recuperando seu sentido na cidade.



Artigos relacionados

Espaço de residencia na Vila Itororó será revitalizado

O instituto Goethe-Institut São Paulo lançou um concurso que escolherá 10 projetos para restaurar a “Casa 8”

Palácio Gustavo Capanema

Fotografia por Cabano Desenvolvido por Lúcio Costa, Affonso Eduardo Reidy, Carlos Leão, Ernani Vasconcellos, Jorge Machado e Oscar Niemeyer, a sede do antigo Ministério da Educação e Saúde Pública é sem dúvida um dos exemplares mais contundentes do impacto da

Belo Horizonte vista pelo Departamento de Estado dos EUA (completo, em inglês)

Documentário produzido pelo Departamento de Estado norte americano (US Office of Inter-american Affairs) sobre a capital mineira, Belo Horizonte, em 1949.

Sem comentários

Escreva um comentário
Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar esta postagem.

Escreva um comentário

Deixe uma resposta