Rosa Kliass é a primeira mulher a receber Colar de Ouro do IAB

Rosa Kliass é a primeira mulher a receber Colar de Ouro do IAB

O Colar de Ouro do IAB é o símbolo maior de reconhecimento da entidade à contribuição inestimável de profissionais brasileiros à arquitetura e urbanismo. Nada mais justo que a primeira mulher a recebê-lo fosse Rosa Kliass, que foi também a primeira arquiteta a fazer parte da diretoria do IAB.  

Rosa entra, assim, para a lista de personalidades já agraciados com a comenda – apenas ex-presidentes do IAB, sócios honorários e titulares com mais de vinte anos de profissão,  que tenham sido premiados em concurso público ou que tenham realizado obra notável. Entre eles estão, Jayme Lerner, João Filgueiras Lima, Zanine Caldas, Lúcio Costa, Ruy Othake, Oscar Niemeyer, Sérgio Bernardes e Roberto Burle Marx. 

A arquiteta tem projetos importantes espalhados por todas as regiões do país, do Amapá (Parque do Forte) a São Paulo (espaços da relevância da Avenida Paulista e do Vale do Anhagabaú), de Belém (Mangal das Garças) a Salvador (Parque das Esculturas, junto ao Museu de Arte Moderna, de Lina Bo Bardi). 

 

Foto reprodução IAB

 

Na solenidade de entrega do Colar, dia 13 de setembro de 2019, durante a Bienal de São Paulo, o presidente do IAB, Nivaldo Andrade, destacou que o Colar do IAB, maior comenda da entidade, foi outorgado até hoje a 40 personalidades que contribuíram, de forma decisiva, para o engrandecimento da arquitetura brasileira. “Entretanto, apenas hoje, 52 anos depois, o Colar do IAB é entregue pela primeira vez a uma arquiteta. O IAB pretende que este seja o primeiro de muitos colares a serem outorgados às colegas que, como Rosa, vêm contribuindo de forma determinante e brilhante para a arquitetura brasileira, corrigindo uma dívida histórica que a nossa entidade tem com o reconhecimento da importância do trabalho das nossas arquitetas. É uma honra para o IAB poder outorgar à arquiteta Rosa Grena Kliass a sua principal comenda”. 

 

 

Texto original IAB



Artigos relacionados

Prefeitura de São Paulo engaveta projeto de Paulo Mendes da Rocha no Ibirapuera

Vencedor em 2006 do Pritzker Prize, espécie de Nobel da arquitetura, Mendes da Rocha, hoje com 89 anos, foi contratado em 2015 pela gestão Haddad para dar uma “nova cara” ao parque, com a revitalização do Pavilhão Lucas Nogueira Garcez,

Especial Dia da Mulher: Elisabete França

Elisabete é arquiteta e urbanista nascida em Curitiba. Atualmente é diretora do Studio2E Ideias Urbanas e professora em cursos de graduação e especialização, em instituições como a Fundação Armando Álvares Penteado (FAAP) e o núcleo de estudos USPCidades. Entre 1993 e 2000, coordenou o Programa de Saneamento Ambiental da Bacia do Guarapiranga, respondendo pela urbanização de mais de 100 favelas, entretanto, sua atuação recente mais conhecida aconteceu durante sua gestão como Superintendente da Secretaria Municipal de Habitação de São Paulo, entre 2005 e 2012.

Prêmio Lúcio Costa 2018

A cerimônia de entrega do Prêmio Lúcio Costa 2018, realizada pela Comissão de Desenvolvimento Urbano (CDU), acontecerá no dia 11 de dezembro às 16h no Auditório Nereu Ramos, da Câmara dos Deputados. A premiação, que chega à sua 4ª edição,

Sem comentários

Escreva um comentário
Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar esta postagem.

Escreva um comentário

Deixe uma resposta