São Paulo nas Alturas

São Paulo nas Alturas

Foi lançado na quarta-feira (16) o livro São Paulo nas Alturas, do jornalista Raul Juste Lores.

Desde cedo observador. Quando criança, Raul já passeava pelas ruas de Santos com atenção, admirado pelos grandes edifícios e construções. Em 2015, quando chegou à capital paulista, o hábito se manteve. Percebeu então, que os prédios que mais lhe encantavam foram construídos todos nas décadas de 1950 e 1960.

As longas caminhadas lhe renderam um novo projeto. São Paulo nas Alturas explora os projetos realizados na era de ouro da arquitetura paulista. O livro traz visibilidade a arquitetos da época que foram esquecidos pelos críticos. Enaltece a criatividade dos profissionais no período batizado como “milagre da arquitetura”. Além de ressaltar nomes como Oscar Niemeyer (Copan) e David Libeskind (Conjunto Nacional), que aparecem na obra para ilustrar  a revolução modernista da arquitetura em São Paulo.

 

Confira abaixo a entrevista que o jornalista concedeu à Band News sobre a obra:

 



Artigos relacionados

Justiça suspende criação do Parque Augusta

Após o Ministério Público questionar a constitucionalidade de lei que cria o parque, alegando falta de estudos sobre impactos urbanísticos na cidade, a Justiça suspendeu em caráter provisório a lei municipal de São Paulo que cria o Parque Minhocão. O

Brasil: igrejas com melhores projetos arquitetônicos

Igreja de Nossa Senhora de Montserrat (RJ) Construída no século XVII, a igreja barroca Nossa Senhora do Pilar é uma das mais belas do Rio, com revestimento em ouro, um órgão de 1773 e grades de jacarandá em seu interior.

Patrimônio histórico é o tema do 1º Concurso de Fotografia do CAU/GO

Estão abertas as inscrições para o 1º Concurso Público Nacional de Fotografia do CAU/GO, que tem como tema “Patrimônio Histórico na Arquitetura e Urbanismo”. As imagens serão recebidas até as 16 horas do dia 24 de setembro, na sede do

Sem comentários

Escreva um comentário
Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar esta postagem.

Escreva um comentário

Deixe uma resposta