São Paulo nas Alturas

São Paulo nas Alturas

Foi lançado na quarta-feira (16) o livro São Paulo nas Alturas, do jornalista Raul Juste Lores.

Desde cedo observador. Quando criança, Raul já passeava pelas ruas de Santos com atenção, admirado pelos grandes edifícios e construções. Em 2015, quando chegou à capital paulista, o hábito se manteve. Percebeu então, que os prédios que mais lhe encantavam foram construídos todos nas décadas de 1950 e 1960.

As longas caminhadas lhe renderam um novo projeto. São Paulo nas Alturas explora os projetos realizados na era de ouro da arquitetura paulista. O livro traz visibilidade a arquitetos da época que foram esquecidos pelos críticos. Enaltece a criatividade dos profissionais no período batizado como “milagre da arquitetura”. Além de ressaltar nomes como Oscar Niemeyer (Copan) e David Libeskind (Conjunto Nacional), que aparecem na obra para ilustrar  a revolução modernista da arquitetura em São Paulo.

 

Confira abaixo a entrevista que o jornalista concedeu à Band News sobre a obra:

 



Artigos relacionados

Rio Carioca: primeiro curso d’água urbano do país a virar patrimônio cultural

A água que percorre os bairros de Cosme Velho, Laranjeiras, Catete, e desemboca na Praia do Flamengo é, desde o dia 27 de dezembro de 2018, considerada patrimônio cultural e natural. O rio Carioca é o primeiro curso d’água urbano

Elizabeth Diller entre as 100 pessoas mais influentes do mundo segundo a revista TIME

A arquiteta Elizabeth Diller, do escritório Diller Scofidio + Renfro, foi novamente nomeada uma das pessoas mais influentes do mundo pela TIME em 2018. A lista anual da TIME Magazine, chamada de “Time 100”, reconhece a conquista dos artistas, líderes,

Plataforma online conta a história do urbanismo no Brasil

Desde 2003 é realizado um projeto de pesquisa intitulado Cronologia do Pensamento Urbanístico. Desenvolvida pelo Laboratório de Estudos Urbanos (PROURB/FAU-UFRJ) em colaboração com o Laboratório Urbano (PPG-AU/FAUFBA), a pesquisa apresentada é centrada na historiografia do pensamento urbanístico com foco na

Sem comentários

Escreva um comentário
Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar esta postagem.

Escreva um comentário

Deixe uma resposta