Série Arquiteturas é reexibida pelo SescTv

Série Arquiteturas é reexibida pelo SescTv

Primeira temporada da série Arquiteturas, dirigida pelo jornalista Paulo Markun e por Sérgio Roizenblit, volta à programação do Sesctv no mês de agosto. A série aborda as novas formas de vivenciar os espaços e as atividades humanas nas cidades, destacando construções e complexos públicos e privados que representam marcos arquitetônicos brasileiros.

 

Episódios

Sesc Pompeia

O Centro de Lazer Fábrica da Pompéia, arquitetado por Lina Bo Bardi, foi inaugurado em 1982. Hoje, conhecido como Sesc Pompéia, é considerado um enorme centro de convivência e uma das poucas praças culturais cobertas de São Paulo. No seu interior, diversos atrativos: exposições, peças teatrais, esportes e atividades físicas, eventos literários; entre outros.

Horário de exibição: 29 de julho, às  20 horas; dia 01 de agosto, às  03 horas; dia 02 de agosto, às 11 horas; dia 03 de agosto, às 09 horas; e dia 17, às 19 horas.

 

Praias do Capibaribe

Os doze metros de profundidade se reduziram a aproximadamente dois. “É contraditório. Ele foi quem fez a cidade surgir. E ao mesmo tempo é a cidade quem dá as costas”. Hoje, o Rio Capibaribe recebe ao longo dos seus 250 quilômetros de extensão grande quantidade de esgoto. “Um rio que garante a vida de muita gente e que ao mesmo tempo tá impregnado de morte; um rio que tá morrendo cada vez mais”.

Horário de exibição: dia 03 de agosto, às 21 horas; dia 04, às 12 horas; dia 05, às 10 horas; dia 06, às 14 horas; dia 07, às 15 horas; e dia 08, às 08 horas.

 

Conjunto Nacional

“Ele não é um edifício, ele não é um shopping. Ele é um conjunto orgânico, um conjunto arquitetônico que recebe pessoas. Ele é mutável; ele tem possibilidade dinâmica”. Tombado como Patrimônio Histórico, o Conjunto Nacional, localizada na Avenida Paulista, é considerado um espaço cultural, de eventos sociais, de manifestações de toda ordem, com exposições periódicas em todos os níveis. 

Horário de exibição: dia 05 de agosto, às  20 horas; dia 06, às 04 horas; dia 08, às 03 horas; dia 09, às 11 horas; dia 10, às 09; dia 

 

Galeria Metrópole – Dom José Gaspar

A Galeria Metrópole, localizada na Avenida São Luís, no centro de São Paulo, foi projetada pelos arquitetos Gian Carlo Gasperini e Salvado Candia na década de 1960. Ela é considerada um centro comercial alternativo aos shoppings. Um edifício multifuncional onde funcionou o Cinema Metrópole, um dos mais luxuosos da capital paulista na época; hoje abriga principalmente restaurantes, agências de turismo, salões de beleza, lojas e até escritórios.

Horários de exibição: dia 05 de agosto, às 20h30; dia 06, às 04h30; dia 08, às 03h30; dia 09, às 11h30; e dia 10, às 09h30

 

Pelourinho / Santo Antônio Além do Carmo (BA)

O antigo espaço residencial sofreu grande transformação e hoje, os cerca de 800 casarões da região estão sendo transformados em bares, restaurantes e pousadas. O objetivo da população que ainda reside no local é mostrar a importância histórica do espaço público para aqueles que transitam por aquelas ruas – comerciantes, turistas e até, quem sabe, novos residentes.

Horários de exibição: 10 de agosto, às 21 horas; dia 11, às 12 horas; dia 12, às 10 horas; dia 13, às 14 horas; dia 14, às 15 horas; e dia 15 de agosto, às 08 horas.

 

Estádio Serra Dourada

O pontapé inicial foi dado no dia 9 de março de 1975. A partida entre a Seleção Goiana e Portugal marcou a abertura de uma das maiores casas de espetáculos do Brasil: o #SerraDourada. Projetado pelo arquiteto Paulo Mendes da Rocha, o estádio tem capacidade de público de aproximadamente 50 mil pessoas. Grandes nomes como Pelé, Maradona, Zico, sócrates e Rivelino passaram por seu gramado.

Horários de exibição: dia 12 de agosto, às 20 horas; dia 13, às 04 horas; dia 15, às 03 horas; dia 16, às 11 horas; e dia 17, às  09 horas.

 

FAU-USP

A Faculdade de Arquitetura e Urbanismo (FAU) da Universidade de São Paulo, nasceu como instituição em 1948. As obras, contudo, só foram finalizadas em 1969 – ano de sua inauguração. Seu edifício-sede, arquitetado por João Batista Vilanova Artigas e Carlos Cascaldi, fica localizado na cidade universitária, na zona oeste da capital paulista.

Horário de exibição: dia 17 de agosto, às 17 horas.

Vila Itororó

Com uma área de cerca de 6.000 metros quadrados, a Vila itororó, localizada entre os bairros da Liberdade e da Bela Vista, foi tombada pelo CONPRESP (Conselho Municipal de Preservação do Patrimônio Histórico, Cultural e Ambiental da Cidade de São Paulo), em 2002. A primeira proposta nasceu em 1970, mas a restauração da vila, no entanto, só teve início em 2013 – um projeto de parceria entre a Secretaria Municipal de Cultura de SP e o Instituto Pedra.

Horários de exibição: dia 17 de agosto, às 18 horas; dia 26, a 20 horas; dia 27, às 04 horas; dia 29, às 03 horas; dia 30, às 11 horas; e dia 31, às 09 horas.

 

Orla de Santos

Diante dos prédios tortos se estende um imenso jardim de frente para o mar, a Orla de Santos. O maior jardim de praia do mundo passa por sete bairros e se tornou o espaço de lazer preferido dos santistas. 

Horários de exibição: dia 19 de agosto, às 10 horas; dia 20, às 14 horas; dia 21, às 15 horas; e dia 22, às 08 horas.

Igreja de São Francisco de Assis

A igreja, um dos grandes pontos turísticos de Ouro Preto, começou a ser construída na década de 1760 e é um dos projetos mais conhecidos do artista Aleijadinho – reconhecido pelo estilo barroco. A maior parte da pintura é de responsabilidade do Mestre Ataíde, que decorou o teto da nave criando aquela que se tornou sua composição mais famosa. Considerada uma obra-prima da arte colonial brasileira, ela foi tombada pelo Serviço do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, o antecessor do IPHAN, já em 1938 – um dos primeiros monumentos protegidos pela instituição.

Horários de exibição: dia 19, a 20 horas; dia 20, às 04 horas; dia 22, às 03 horas; dia 23, às 11 horas; e dia 24, às 09 horas; 

 

Mercado Central de Belo Horizonte

Projetado pelo engenheiro civil Octávio Penna, o Mercado Central de Belo Horizonte, movimenta além do comércio regional. Ali, centenas de pessoas circulam todos os dias em busca de satisfazer a necessidade do encontro, do convívio e da inclusão. “São brasileiros, estrangeiros misturados em uma só panela”.

Horários de exibição: dia 24 de agosto, às 21 horas; dia 25, às 12 horas; dia 26, às 10 horas; dia 27, às 14 horas; dia 28, às 15 horas; e dia 29, às 08 horas. 

 

Centro Cultural São Paulo

Inaugurada em 13 de maio de 1982, o CCSP nasceu com um único propósito: proporcionar convergência de todas as artes. Idealizado pelos arquitetos Eurico Prado Lopes (1938-1985) e Luiz Telles (1943-2014), o Centro é um dos primeiros espaços culturais multidisciplinares do país. São quatro pavimentos, com uma extensão de 46.500 m². O local abriga um conjunto de bibliotecas com acervo de grande relevância, entre elas a Sérgio Milliet, segunda maior biblioteca pública da cidade de São Paulo. 

Horários de exibição: dia 26 de agosto, às 20h30; dia 27, às 04h30; dia 29, às 03h30; dia 30, às 11h30; e dia 31, às 09h30.



Artigos relacionados

Logo da Capital Mundial da Arquitetura

Os vencedores do concurso para criação da logo da Capital Mundial da Arquitetura foram anunciados no dia 28 de junho pela União Internacional de Arquitetos (UIA). O primeiro lugar ficou com o designer gráfico venezuelano, Pedro Contreras Olivo. A segunda

Carla Juaçaba projeta capela para o Vaticano na Bienal de Veneza 2018

  A arquiteta brasileira foi convidada a se juntar à seleção de profissionais responsáveis por projetar capelas que irão marcar a primeira participação do Vaticano na Bienal de Veneza de 2018. A 16ª. edição do evento acontece entre os dias

Prefeitura tomba seis obras de Paulo Mendes da Rocha

A Prefeitura de São Paulo homologou o tombamento de seis projetos, onde cinco são de autoria de Paulo Mendes da Rocha, e de outros 32 imóveis, incluindo o Club Athletico Paulistano, nos Jardins, na zona sul da capital paulista. Os

Sem comentários

Escreva um comentário
Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar esta postagem.

Escreva um comentário

Deixe uma resposta